Atividades

Curso discute as figuras femininas presentes na ficção de Machado de Assis

Contextos
Aspectos do feminino em contos de Machado de Assis

Voltar para o início Aspectos do feminino em contos de Machado de Assis

Programa

16/01. As mulheres machadianas
Este primeiro encontro do curso vai destacar alguns pressupostos da obra de Machado de Assis, com o objetivo de dar início a uma reflexão a respeito das figuras femininas presentes em sua ficção, levantando questões que serão trabalhadas ao longo dos encontros. Nesse contexto, que visões sobre a mulher são recriadas e problematizadas pelo escritor? Como esses modelos se relacionam com o seu contexto histórico específico e com a tradição literária? Em que medida as mulheres machadianas se adequam aos padrões tradicionais sociais e literários, em que medida escapam? Ou ainda, como suas personagens femininas expressam as contradições da sociedade brasileira da época? E talvez, como essas personagens conversam com nosso tempo?
Contos:
- "Academias de Sião"
- "Capítulo dos chapéus"

18/01. Casamento e adultério
Na sociedade patriarcal do XIX, e na ficção machadiana, o casamento é tema central: era quase que a única maneira da mulher conquistar um lugar ao sol, ou, no mínimo, um lugar abrigado das intempéries da vida, em um contexto ainda de pouca mobilidade social. Com o casamento, vem a questão do adultério: aceito socialmente enquanto praticado pelo homem, era motivo de punição e desonra, no caso da mulher. Os contos escolhidos para esse encontro trazem atitudes e estratégias femininas frente a esse quadro, onde o que vale é, em última instância, a opinião pública.
Contos:
- "Confissões de uma viúva moça"
- "D. Paula"
- "A senhora do Galvão"
- "Relógio de ouro"

23/01. Caminhos e descaminhos do desejo feminino
No estreito espaço dos papeis de esposa e mãe, os únicos considerados dignos da mulher do século XIX, é que esta poderia se movimentar, ora aderindo, ora recusando esses lugares, mas sempre se referindo a eles. Nas linhas e entrelinhas das relações sociais, nos limites do decoro e da manutenção da ordem, algumas mulheres machadianas desconstroem esses modelos, encontrando, muitas vezes como "búfalos em penas de cisnes", formas de sobrevivência e de expressão de seus desejos. Ainda que precisem calar ou resignar-se, tecem, em alguma medida, suas escolhas.
Contos:
- "Uma senhora"
- "Uns braços"
- "Missa do galo"
- "Noite de almirante"

30/01.  A mulher como enigma
Diante de um universo regido pelos pressupostos masculinos - ainda que a mulher tivesse voz ativa no âmbito privado - as atitudes femininas que escapavam da lógica dominante tornavam-se incompreensíveis. Nos contos escolhidos para o último encontro do curso, o olhar machadiano recai sobre a figura da mulher como enigma, ou melhor, sobre o olhar masculino a respeito de uma mulher que ele não compreende. Nesse contexto, ao se calarem, ao saírem dos padrões que lhes são impostos, o que expressam essas personagens femininas? E que escritor emerge dessas figuras femininas?
Contos:
- "Singular Ocorrência"
- "A desejada das gentes"
- "As primas de Sapucaia"
 
As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Belmiro de Almeida)

Palestrantes

Andrea Zeppini

Andrea Zeppini

Pesquisadora nas áreas de teatro e literatura, atriz, diretora, arte-educadora, contadora de histórias. Formada em História pela FFLCH-USP, mestra em Letras na USP, doutora pela USP.
(Foto: Arô Ribeiro)

Data

16/01/2018 a 30/01/2018

Dias e Horários

Terças e Quintas, 10h às 13h

*Exceto 25/1

As inscrições podem ser feitas a partir de 19 de dezembro às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira

Inscreva-se agora