Atividades

As lentes de fotógrafos mexicanos e estrangeiros registraram o México Revolucionário

Em Debate: América Latina: transgressões e transformações
História Visual do México em Transformação

Voltar para o início História Visual do México em Transformação

Programa

Entre 1910 e 1950 o México vive um processo revolucionário que leva a profundas transformações políticas e culturais. As artes visuais e a fotografia em particular é uma excelente plataforma de observação desse vendaval que varre as terras mexicanas.

O objetivo do curso é captar como as lentes de fotógrafos mexicanos e estrangeiros registraram o México Revolucionário.

O curso ao longo de duas aulas pretende analisar como a Revolução Mexicana, ocorrida entre 1910 e 1920, torna-se um dos primeiros movimentos sociais amplamente registrados por fotógrafos. Durante a Revolução os fotógrafos da família Casasola registram os conflitos revolucionários, mas também colecionam um rico acervo de imagens, possibilitando a criação de uma agência fotográfica que distribui imagens para os Estados Unidos, Europa e a América Latina e são responsáveis por um projeto editorial transformado em patrimônio cultural do México.

Pretende-se também analisar os anos pós-revolucionários (1920-1950) e como a fotografia é elemento fundamental na formação da identidade e da cultura visual mexicana em constante diálogo com o muralismo, a gravura e o cinema.

Buscaremos analisar a produção, circulação e apropriações de imagens de fotógrafos como Agustín Víctor Casasola, Hugo Brehme, Luis Márquez,Tina Modotti, Manuel Álvarez Bravo e como suas imagens constroem a cultura visual do México Revolucionário.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Ilustração: Diego Rivera - Mural apresentando Emiliano Zapata. Wikimedia Commons.)

Palestrantes

Carlos Alberto Barbosa

Carlos Alberto Barbosa

Professor de História da América na UNESP/Assis. Doutor em História Social pela USP. Pós-doutorado pelo Instituto de História do Consejo Superior de Investigaciones Científicas/Espanha. Publicou os livros A Fotografia a Serviço de Clio: uma história visual da Revolução Mexicana e Revolução Mexicana, ambos pela Editora da UNESP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

09/04/2019 a 11/04/2019

Dias e Horários

Terça e Quinta, 19h30 às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de Março, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira