Atividades

Leitura dramática.

Letras Femininas e Vozes Femininas: A Força da Palavra Das Escritoras Uruguaias

Voltar para o início Letras Femininas e Vozes Femininas: A Força da Palavra Das Escritoras Uruguaias

Programa

A atriz Paula Cohen possui uma forte ligação afetiva e cultural com o Uruguai. Filha de pais uruguaios e figura constante na cena teatral do Uruguai, propõe a interpretação e leitura dramática de importantes textos de escritoras nascida naquele pais. Escritoras que foram revolucionárias em sua época, quebrando conceitos e padrões esperados no comportamento submisso feminino.

As autoras retratas serão:
Marosa di Giorgio, nasceu em janeiro de 1932 em Salto (Uruguai) e morreu em Montevidéu em 17 de agosto de 2004. Era uma poeta bem conhecida pelo seu estilo erótico e ousado, entre os temas mais recorrentes de sua poesia estão o medo, a solidão, a surpresa e o desejo, eles mudam sua forma e presença ao longo de sua poesia.

Delmira Austini, nasceu em Montevidéu em 1886. Agustini especializou-se na sexualidade feminina em uma época em que o mundo estava dominado pelos homens e, embora sua poesia esteja repleta de imagens sexuais, nada se encontra na poesia de Agustini de vulgar. Seu estilo pertence à primeira fase do Modernismo, e seus temas tratam da fantasia e de matérias exóticas e eróticas.

Idea Vilariño, nasceu em Montevidéu em 1920 e morreu na mesma cidade em abril de 2009. Foi considerada revolucionária, com o pensamento muito à frente do seu tempo.  Além de ser poeta, ela era uma crítica literária, tradutora, compositora e educadora. Das suas traduções destacam-se as obras feitas em Shakespeare, amplamente reconhecidas pelos críticos. Sua personalidade e suas convicções a levaram por muitos anos a rejeitar qualquer tipo de promoção dela nome e seu trabalho. 


(Crédito: Divulgação)

Palestrantes

Paula Cohen

Paula Cohen

Atriz formada pela Escola de Arte Dramática (EAD/USP). No teatro atuou nos espetáculos "Navalha na Carne" (2008/13) de Plínio Marcos com direção de Pedro Granato, "As Lágrimas Quentes que Só Meu Secador sabe enxugar" com o mesmo diretor (2014/16), "Invasores" (2013), com direção de Roberto Alvim, "Arena Conta Danton", com direção de Cibele Forjaz (2005) e Carne de Mulher Atuação e concepção: Paula Cohen e Direção de Georgette Fadel (2017).  Na TV fez "Sob Nova Direção" (2004), "Retrato Falado" (2004) e "Dias de Glória" (2002), da minissérie "Liberdade, Liberdade" (2016), e também da novela "I Paraisópolis (2015) todos na Globo No cinema os longas mais recentes "Uma espécie de família" (2017), "O silêncio do céu" (2016) e "E aí, comeu? " (2013). Publicou seu primeiro livro em 2017, "Vou comer brilhantes para ver se quebro um dente".
(Crédito: Acervo Pessoal)

Data

19/05/2018 a 19/05/2018

Dias e Horários

Sábado, das 19h às 20h.

*Retirada de ingressos com uma hora de antecedência na Central de Atendimento do Centro de Pesquisa e Formação.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis