Atividades

Os fotógrafos de rua e seus dispositivos na captura do acaso

Autografias
O Flâneur e as Ruas: Fotógrafos e a Captura do Acaso

Voltar para o início O Flâneur e as Ruas: Fotógrafos e a Captura do Acaso

Programa

A palestra propõe um "passeio" pelas ruas na companhia de fotógrafos que fizeram uso desse espaço como fonte inspiradora para o registro de imagens e que incorporaram em seus trabalhos um elemento recorrente: o acaso. Como princípio técnico da produção imagética, a fotografia ocupa um lugar relevante nos meios de comunicação. Partindo deste ponto, a palestra aborda as mudanças tecnológicas nos dispositivos fotográficos e aponta em que medida estas implicam na reconfiguração das práticas e processos para a captura de imagens provenientes da paisagem urbana.

Para enriquecer a discussão acerca do uso dos dispositivos fotográficos neste contexto, a palestra apoia-se na figura do flâneur para, através deste personagem curioso e fascinante citado na obra do poeta francês Charles Baudelaire e nos estudos do alemão Walter Benjamin, refletir sobre como o cenário das cidades e das ruas interferem na conduta do fotógrafo, implicando diferentes maneiras de se deslocar e, consequentemente, de olhar e registrar a paisagem urbana.

A partir da compreensão da evolução dos dispositivos, das diferentes maneiras de caminhar pelas cidades e da relação entre o flâneur e o fotógrafo de rua, a pesquisa desdobra-se em possíveis articulações e experiências que tais relações suscitam. Assim aborda-se o acaso na produção de quatro fotógrafos selecionados: Henri Cartier-Bresson, Bruce Gilden, Vivian Maier e o brasileiro Pedro Garcia, que usa o codinome de Cartiê-Bressão. A partir destes, é possível identificar continuidades e rupturas no ato fotográfico para a captura de acasos, bem como novas possibilidades de ver imagens e capturá-las com diferentes aparatos tecnológicos.

Com a evolução dos dispositivos e as mudanças no ato de caminhar e de se deslocar pelos espaços percebe-se o surgimento de um possível novo flâneur que, a partir da segunda década do século XXI, captura seus acasos fotográficos com câmeras acopladas a telefones celulares e compartilha suas imagens em redes sociais.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Luis Fernando Frandoloso

Luis Fernando Frandoloso

Mestre em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná. Pós-graduado em Fotografia: práxis e discurso fotográfico pela UEL. É autor de "O Flâneur e as Ruas: fotógrafos e seus dispositivos na captura do acaso" (Appris Editora, 2017).
(Foto: Ale Ruaro)

Data

10/10/2018 a 10/10/2018

Dias e Horários

Quarta, 19h às 21h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de Setembro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis

Inscreva-se agora