Atividades

A gestão cultural implica na representatividade dos sujeitos produtores de cultura? Se sim, esse é um espaço aberto ao diálogo sobre ações afirmativas.

Gestão Cultural
Políticas culturais e ações afirmativas: um horizonte possível?

Voltar para o início Políticas culturais e ações afirmativas: um horizonte possível?

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600


O minicurso possui como objetivo uma formação pautada na interface entre política - enquanto relações de poder -; cultura - como espaço de reconhecimento de direitos; e sujeitos como protagonistas de trajetórias coletivas de vida.

Nessa ótica, vamos tratar de temas como "ações afirmativas; "apropriação cultural"; "políticas de reconhecimento" e "representatividade com recorte de raça e gênero".

O curso será dividido em módulos temáticos com aulas expositivo-dialógicas e base conceitual interdisciplinar.

Módulo I “O que nós entendemos por políticas culturais e ações afirmativas?”

Quem faz? Onde? Quando e Por quê?

Módulo II “Mimimi  e outras tretas: cultura e política em cena, debates e embates”

Cultura e política se misturam no Brasil e no restante da América Latina?

O que é apropriação cultural?

Análises de caso:
“O meu, o seu, o turbante nosso de cada dia”
“ Entre o acarajé, a capoeira e o candomblé do Senhor"

Módulo III “Políticas Culturais e Ações Afirmativas: um horizonte possível?”

A Cultura e seus sujeitos: tudo  junto e misturado ou não?

Análises de caso:
Quilombos: artigo 68
UNILAB - Universidade da integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira: a concretude da diversidade.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Domínio Público)

Palestrantes

Vera Rodrigues

Vera Rodrigues

Doutora em Antropologia Social (USP). Professora adjunta no Instituto de Humanidades e Letras da UNILAB. Coordenadora da linha de pesquisa "Identidades e políticas públicas" do Grupo de pesquisa Oritá - Espaços, Identidades e Memórias. Coordenadora do Centro de Estudos Interdisciplinares Africanos e da Diáspora (Ceiafrica).
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

28/06/2017 a 30/06/2017

Dias e Horários

Quarta a Sexta, 19h30 às 21h30

As inscrições podem ser feitas a partir de 24 de maio às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira

Inscreva-se agora