Atividades

relação desigual entre aliciadores, agenciadores, clientes e pessoas que se prostituem

Contextos
Prostituição: uma manifestação da questão social

Voltar para o início Prostituição: uma manifestação da questão social

Programa

A prostituição é uma manifestação da Questão Social, sendo considerada por alguns autores e entidades nacionais e internacionais como uma categoria profissional, isto é, trabalho, assim como uma "transação econômica". Além disso, é entendida como "um fenômeno social permeado e construído pelas representações sociais" e uma das atividades circunscritas dentro do mercado do sexo.

O mercado do sexo é organizado, existindo uma rede, que envolve tráfico de drogas e de pessoas, que oferece vários tipos de serviços e pessoas. Os serviços são: pornografia, vestimento, drogas, hormônios, anabolizantes, entre outros. E as pessoas vão desde crianças e adolescentes até idosos, assim como mulheres, homens, travestis, e pessoas com deficiência.

Na prostituição existe uma variação da atividade sexual comercial, sendo classificada como: alta, média e baixa, sendo um trabalho marcado pelas incertezas da realização da prática sexual remunerada e a visão estigmatizada da população, as pessoas que se prostituem sofrem também violências físicas e em alguns casos são vítimas de assassinatos.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Acervo do Palestrante)

Palestrantes

Alan de Loiola Alves

Alan de Loiola Alves

Assistente Social, doutorando em Serviço Social pela PUC-SP e professor  do curso de Serviço Social da UNINOVE/SP. 
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

23/11/2017 a 23/11/2017

Dias e Horários

Quinta, 14h às 17h

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de outubro às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 9,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 15,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 30,00 - inteira