Atividades

Palestra seguida de lançamento do livro "Que história pública queremos?" (Ed. Vozes, 2018)

Autografias
Que história pública queremos?

Voltar para o início Que história pública queremos?

Programa

No arco dos últimos dez anos, "história pública" deixou de ser uma expressão marginal ou praticamente desconhecida no Brasil para se tornar uma das expressões mais desafiadoras da historiografia contemporânea. Nos vinte ensaios do livro, estudiosos e praticantes apresentam - de maneira enfática, crítica e propositiva - os modos pelos quais a sugestiva noção de história pública tem sido lida e reinterpretada no Brasil, dinamizando reflexões e práticas de pesquisa específicas, que dialogam com as tradições estrangeiras sem emulá-las.

No entanto, seria possível falar em uma prática de história pública que espelhe, em seus procedimentos e resultados, a realidade brasileira e latino-americana? Ou, por outro lado, seria conveniente e oportuno identificar as contribuições distintivas que as práticas de pesquisa e difusão realizadas nesses contextos podem oferecer para a construção de uma história pública global? Estas são perguntas cruciais a se fazer em um momento de internacionalização da história pública, e à luz do destaque que a produção brasileira tem adquirido no campo.

As perspectivas pós-coloniais e decoloniais, os cruzamentos entre a história pública e a teoria da história, a interdisciplinaridade e a emergência de subdisciplinas "públicas" e os ancoramentos sociais das práticas participativas e de difusão iluminam a reflexão desenvolvida neste encontro.

São organizadores do livro Ana Maria Mauad, Ricardo Santhiago e Viviane Trindade Borges. Participam como autores, Benito Bisso Schmidt, Rodrigo de Almeida Ferreira, Marieta de Moraes Ferreira, José Newton Coelho Meneses, Viviane Trindade Borges, Juniele Rabêlo de Almeida, Ana Maria Mauad, Paulo Knauss, Miriam Hermeto, Bruno Leal Pastor de Carvalho, Sônia Meneses, Caroline Silveira Bauer, Samantha Viz Quadrat, Hebe Mattos, Keila Grinberg, Martha Abreu, James N. Green, Rogério Rosa Rodrigues, Richard Cándida Smith, Marta Gouveia de Oliveira Rovai e Ricardo Santhiago.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Ricardo Santhiago

Ricardo Santhiago

Professor da UNIFESP, onde coordena o Centro de Memória da Zona Leste. Autor e organizador de diversas obras, dentre as quais se destacam os livros “História oral na sala de aula” e “História pública no Brasil: Sentidos e itinerários”. Recebeu o 2012 Oral History Article Award da Oral History Association e o 2014 New Professional Award do National Council for Public History. Idealizou e organizou os primeiros cursos e simpósios sobre história pública no Brasil.
(Foto: Acervo Pessoal)

Marta Rovai

Marta Rovai

Professora adjunta da Universidade Federal de Alfenas, Minas Gerais. Doutora em História Social pela USP e pós-doutorado pela UFF. Coordenadora do Grupo de Pesquisa História do Brasil: memória, cultura e patrimônio, na Unifal.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

12/12/2018 a 12/12/2018

Dias e Horários

Quarta, 14h às 17h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 27 de Novembro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis

Inscreva-se agora