Atividades

Esta atividade traz o documentário recém lançado por Marcia Taborda que versa sobre a trajetória do violão e da viola no Brasil

Contextos
Viola e violão em terras de São Sebastião

Voltar para o início Viola e violão em terras de São Sebastião

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

Nos anos de 1920 dizia-se que o violão era o alto-falante da alma brasileira. Quase um século depois, a frase ainda tem muito de verdade.

Nesta aula-espetáculo (em sintonia com Ariano Suassuna), será apresentada uma visão muito própria da trajetória da viola e do violão na sociedade brasileira.

Recuamos no tempo para localizar os antepassados das nossas violas e chegamos até os anos de 1950, abordando um percurso histórico que se deu em um cenário absolutamente privilegiado: os contornos da cidade do  Rio de Janeiro.

Estão presentes os grandes violonistas, e claro, a arte que produziram - as canções e os  diferentes gêneros instrumentais de nossa  música.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Acervo Pessoal da Palestrante)

Palestrantes

Marcia Taborda

Marcia Taborda

Violonista,  autora do livro "Violão e identidade nacional: Rio de Janeiro 1830-1930".  Gravou para a Acari Records o CD Choros de Paulinho da Viola com a obra do compositor escrita para o violão. É professora da  Escola de Música da UFRJ.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

18/08/2017 a 18/08/2017

Dias e Horários

Sexta, 19h30 às 21h30

As inscrições podem ser feitas a partir de 25 de julho às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores