Notícias

Abril Cinematográfico
Luz, Câmera, CPF

Abril Cinematográfico

No mês de Abril, o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc vem com intensa programação relacionada ao cinema e às artes visuais.

No dia 03, o início fica com o ciclo de palestras Sociedade Black Mirror, que em 4 encontros os pesquisadores Claudio Luis de Camargo Penteado, Luiz Guilherme Vergara, Mauricio Stegemann Dieter e Pablo Ortellado
discutirão faces de um futuro distópico que já está presente no nosso cotidiano, a partir de episódios da série inglesa Black Mirror.

(As inscrições esgotaram, mas a atividade será transmitida pelo Facebook)

Dia 04, começa o curso Introdução à obra de Andrei Tarkóvski, em que a pesquisadora Neide Jallageas introduzirá o público no universo poético do cineasta russo que completaria 85 anos em 2017.

 
Dois dias depois, o professor Walter de Sousa Junior e o jornalista e pesquisador Tiago Gonçalves são recebidos para uma palestra sobre a tradição e o legado da herança circense em um dos maiores nomes do cinema brasileiro, Mazzaropi em A arte do palhaço Mazzaropi e a tradição do cômico caipira

Dia 08, Kátia Coelho, a primeira mulher a dirigir a fotografia de um longa metragem no Brasil, ministrará uma palestra sobre A Construção da Direção de Fotografia no Cinema Digital


No mesmo dia, o Cine Debate traz o diretor Gabriel Mascaro.  Neste encontro, ele apresenta seu longa Boi Neon e na sequência bate um papo com o público.


No dia 12, terá início o curso O cinema na ditadura: resistências e construções da memória, com o Doutor em Meios e Processos Audiovisuais Ciências e professor de Roteiro e de História do Cinema Reinaldo Cardenuto Filho.
Em quatro encontros, o curso analisará filmes brasileiros realizados entre os anos 1960 e 1980, que propuseram representações em torno do regime militar brasileiro.

Entre os dias 18 de abril e 09 de maio,  é a vez de encarar as diferentes representações da cidade de São Paulo a partir das lentes de Felipe Russo, Tuca Vieira, Cristiano Mascaro e Arnaldo Pappalardo, no curso Fotografia e cidade: narrativas visuais sobre São Paulo.


E para encerrar, o curso Federico Fellini, do Neorrealismo ao Cinema Alegórico, que irá traçar um panorama da obra do diretor italiano Federico Fellini (1920-1993), um dos mais importantes e influentes da história do cinema mundial, enfatizando as suas principais mudanças estéticas, de mise-en-scène, bem como o entendimento do contexto sociocultural da apropriação de temas e gêneros narrativos, tendo em vista os quarenta anos de atividade dele como diretor - de Mulheres e luzes (1950) a A voz da lua (1990).

Não fique de fora! As inscrições podem ser feitas em nosso site ou em qualquer unidade do Sesc em São Paulo.