Atividades

Como o capital se apropriou do corpo humano para lucrar com a pandemia?

A superindústria do imaginário e o vazio da coragem

Voltar para o início A superindústria do imaginário e o vazio da coragem

Programa

O paradoxo: "não existe coragem sem medo", desdobra-se em: "para ser corajoso é preciso ter medo". Ou seja, para se ter coragem é preciso associá-la com a justiça, a sabedoria e a prudência.

A trajetória histórica da palavra medo aponta para vários papéis que aquele exerce, como por exemplo, o sentido de "paixão civilizadora", na figura do Estado e do exercício político. Assim, temos o medo como um dos indicadores civilizadores e a coragem passa a ser então, uma qualidade superior, extrínseca ao homem.

Isso explica, como o medo serviu e serve para controlar a sociedade, como o Estado, passou a racionalizar o medo, de maneira pragmática, abolindo o tema coragem, com o passar do tempo, a tratando como algo delusório e irracional.

A observação preliminar contempla um dos pontos centrais da 33° edição do Ciclo Mutações: Sobre a coragem e outras virtudes, uma realização do Sesc e da Artepensamento, com a curadoria e concepção do filósofo, jornalista e professor Adauto Novaes.

Nesta edição, que acontece no período de 6 de junho a 2 de agosto, conta com 18 conferências, como segue a programação abaixo:

A superindústria do imaginário e o vazio da coragem | com Eugênio Bucci.
Mediação: Adriana Reis Paulics.

Recomendamos o uso de máscara cobrindo nariz e boca.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, solicite pelo e-mail centrodepesquisa.cpf@sescsp.org.br, após a conclusão e efetivação do pagamento da sua inscrição, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.

As inscrições podem ser feitas a partir das 14h do dia 26/5 no site do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc ou presencialmente em qualquer unidade do Sesc São Paulo. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

O pagamento pode ser feito através do cartão de crédito, débito ou em dinheiro. Trabalhamos com as bandeiras Visa, Mastercard, Elo e Hipercard.

** Ao término do curso, você poderá solicitar sua declaração de participação pelo e-mail declaracao.cpf@sescsp.org.br

*** Havendo ainda disponibilidade de vagas para os cursos presenciais, as inscrições poderão ser feitas no dia do curso no Centro de Pesquisa e Formação.

O cancelamento poderá ser realizado com até 48 horas antes do início da atividade, por email: centrodepesquisa.cpf@sescsp.org.br

Palestrantes

Eugênio Bucci

Eugênio Bucci

Jornalista e Professor Titular da Escola de Comunicações e Artes da USP, é Superintendente de Comunicação Social da mesma universidade. Escreveu, entre outros livros, “O Estado de Narciso – a comunicação pública a serviço da vaidade particular” (Companhia das Letras, 2015), “A Forma Bruta dos Protestos” (Companhia das Letras, 2016), “Existe democracia sem verdade factual?” (Estação das Letras e Cores, 2019) e “A Superindústria do Imaginário” (Editora Autêntica, 2021).
(Foto: Renato Parada)

Adriana Reis Paulics

Adriana Reis Paulics

Jornalista, graduada pela Faculdade Cásper Líbero, pós-graduada em Jornalismo Social pela PUC-SP e mestra em Educação: Currículo também pela PUC-SP. É editora da Revista E, publicação mensal do Sesc São Paulo, de distribuição gratuita, que realiza mediação cultural e promove reflexões sobre temas da cultura, do lazer e bem-estar, da saúde e alimentação, da educação e da comunicação.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

15/08/2022 a 15/08/2022

Dias e Horários

Segunda, 19h30 às 21h30.

Curso Presencial

Inscrições a partir das 14h do dia 26/5, até o dia 14/8.
Enquanto houver vagas.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira

Inscreva-se agora