Atividades

Análise da linguagem de arquitetura de exposições de Lina Bo Bardi e Gisela Magalhães como dispositivos de comunicação

Contextos
Arquitetura de Exposições: Lina Bo Bardi e Gisela Magalhães

Voltar para o início Arquitetura de Exposições: Lina Bo Bardi e Gisela Magalhães

Programa

O curso propõe uma análise da linguagem de arquitetura de exposições de Lina Bo Bardi e Gisela Magalhães como dispositivos de comunicação.

Como se desenvolvem os espaços expositivos sob a ótica da arquitetura, numa visão histórica e propondo um método de leitura e concepção focado no seu papel de comunicação de conhecimentos. Serão três encontros: um de conceituação, dois de análise das exposições de Lina Bo Bardi e Gisela Magalhães.

Desde os anos 80 do século passado estamos vivendo um grande crescimento do trabalho de curadoria, montagem e concepção dos espaços expositivos, que envolve diversos profissionais, entre os quais o arquiteto. Este  curso abordará sob a ótica da arquitetura como se desenvolvem os espaços expositivos, conceituando-o através de exemplos nacionais e internacionais, numa visão histórica, e depois propondo um método de leitura e concepção focado no seu papel de comunicação.

Em outros dois encontros serão analisadas as exposições das curadoras e arquitetas Lina Bo Bardi (1914-92) e Gisela Magalhães (1930-2003), mostrando do desenho ao projeto realizado e expondo os co-autores que colaboraram nestes trabalhos.

Partindo de pontos em comum, como herdeiras da tradição moderna e pioneiras na divulgação da arte popular e do artesanato brasileiro, objeto de vários trabalhos de curadoria e arquitetura expositiva de ambas. trabalharam para ou em instituições públicas que fomentavam exposições, Lina Bo Bardi no MASP desde 1947, passou pelo MAM de Salvador (BA), voltando ao MASP e Sesc Pompeia na cidade de São Paulo.

Gisela começa em 1972 no IPHAN em Brasília, e posteriormente como curadora independente em vários instituições públicas pelo Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, com um dos seus últimos trabalhos no Sesc Pompeia, no mesmo espaço em que Lina Bo Bardi realizou suas grandes exposições.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Juvenal Pereira)

Palestrantes

César Augusto Sartorelli

César Augusto Sartorelli

Arquiteto, graduado e Doutor pela FAU USP, Mestre pela PUC SP. Trabalha com curadoria e gestão cultural desde 1985 em instituições nacionais e internacionais. Professor na UNIP desde 2014, lançou em 2019 pelo Sesc Edições o livro "Arquitetura de Exposições: Lina Bo Bardi e Gisela Magalhães".
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

13/02/2020 a 05/03/2020

Dias e Horários

Quintas, 10h às 13.

Exceto dia 27/2.

As inscrições podem ser feitas a partir de 28 de janeiro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira