Atividades

Música e as relações entre o Brasil e Portugal

Experiências Estéticas
AtlaS - Atlântico Sensível: trânsitos musicais no corredor Portugal - Brasil

Voltar para o início AtlaS - Atlântico Sensível: trânsitos musicais no corredor Portugal - Brasil

Programa

Este curso tem como objetivo apresentar distintos olhares e perspectivas sobre práticas sonoras surgidas a partir do corredor atlântico formado por Portugal e Brasil, com especial foco nas cordas dedilhadas.

Durante todo o período de colonização portuguesa, instrumentos como a viola de arame, o cavaquinho, o bandolim e o violão circularam amplamente sob os territórios lusófonos, adquirindo cores locais, moldando técnicas e saberes partilhados e definindo trajetórias musicais.

O curso procura apresentar diferentes cosmovisões e sensibilidades musicais através destas trocas atlânticas e é parte integrante de um amplo projeto de pesquisa intitulado Atlas - Atlântico Sensível, desenvolvido pelo INET-MD e a Universidade de Aveiro.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Arte: Amalia, Wikimedia Commons)

Palestrantes

Ivan Vilela

Ivan Vilela

Músico, professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e pesquisador da Universidade de Aveiro onde trabalha no projeto AtlaS - Atlântico Sensível ligado ao INET-md (Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudo de Música e Dança). Foi o consultor do IEPHA-MG no projeto que tornou a viola um patrimônio imaterial do Estado Minas Gerais.
(Foto: Isabel Vilela)

Susana Sardo

Susana Sardo

Etnomusicóloga, Professora Associada da Universidade de Aveiro e professora visitante da catedra Cunha Rivara na Universidade de Goa.
É, desde 2007, coordenadora do polo da Universidade de Aveiro do Instituto de Etnomusicologia, Centro de Estudos em Música e Dança.
(Foto: Eduardo Falcão)

Jorge Castro Ribeiro

Jorge Castro Ribeiro

Etnomusicológo, professor e investigador do Instituto de Etnomusicologia da Universidade de Aveiro. Dirige o projeto de pesquisa Atlas - Atlântico Sensível. É especialista em música de Cabo Verde, música e migração e patrimônio imaterial.
(Foto: Margarida Ribeiro)

Pedro Aragão

Pedro Aragão

Músico, professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e pesquisador da Universidade de Aveiro, onde trabalha no projeto SOMA - Sons e Memórias de Aveiro ligado ao INET-md (Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudo de Música e Dança).
(Foto: Joa?o Lyra)

Data

29/04/2019 a 30/04/2019

Dias e Horários

Segunda e Terça, 14h às 18h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de Março, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira

Inscreva-se agora