Atividades

Leitura da peça Perdoa-me por me traíres, de Nelson Rodrigues

Experiências Estéticas
Censura em Cena: As peças vetadas no Estado de São Paulo

Voltar para o início Censura em Cena: As peças vetadas no Estado de São Paulo

Programa

Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.


O projeto concebido pelo Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura, grupo de pesquisa vinculado à Escola de Comunicações e Artes da USP, visa dar continuidade a quinze anos de pesquisa sobre liberdade de expressão e censura desenvolvida em torno do Arquivo Miroel Silveira da ECA/USP – conjunto de 6.137 processos de censura prévia ao teatro de 1930 a 1970, no Estado de São Paulo.

 

Para tanto, propõe-se a analisar seis peças vetadas, procurando entender com profundidade as razões das interdições e a repercussão que tiveram na sociedade quando foram liberadas e estrearam. Com isso, intenta-se, aprofundarmo-nos no estudo da censura como disputa da produção simbólica pelo espaço público e coletivo.

 

A metodologia proposta é desenvolvida pelo Grupo de pesquisadores ligados ao OBCOM-USP, interdisciplinar, envolvendo diferentes recursos, ferramentas e estratégias de investigação e aproximando o campo da arte e da comunicação. Mas poderíamos afirmar que se trata de uma pesquisa de base empírica, mas voltada à solução de problemas concretos e coletivos da vida social nos quais os pesquisadores estão, de alguma forma, envolvidos. Trata-se de objetivo que é, ao mesmo tempo, científico e sociopolítico, que prevê o engajamento dos pesquisadores na solução de certas questões e na resposta a determinadas necessidades sociais.

  

Perdoa-me por me traíres, de Nelson Rodrigues

 

É o processo mais volumoso do Arquivo Miroel Silveira e mostra o trajeto de uma polêmica censura que termina com a decisão do então governador Jânio Quadros de proibir a peça. Há documentos e cartas ora pedindo a censura, ora a liberação do espetáculo, além de um abaixo assinado com mais de três mil assinaturas pedindo o veto da censura. Tratando de aborto, prostituição e erotismo de menores de idade, a peça, escrita em 1957, só estreou em 1994. 

 

Mesa de debate formada pelos professores e pesquisadores Maria Cristina Castilho Costa, Renata Palottini e Roberto Ascar. Atores convidados farão a leitura da peça.


Projeto Censura em Cena

 

Coordenação Geral: Maria Cristina Castilho Costa

Coordenação das leituras dramáticas: Renata Pallottini e Roberto Ascar

Coordenação de Pesquisa: Lis Coutinho

Pesquisadores: Eliane de Souza Almeida, Lucas Henrique Ribeiro, Rafael Macedo

e Victória Martins Damasceno

Elenco: Adriana Dahm, Barbara Riethe, Bia CHami, Claudio Curi, Cleo Moraes, Cristina Mutarelli, Evinha Sampaio, João Signorelli, Maira Romero, Sylvia Lohn, Tania Maloouf, Tato Fischer, Tin Urbinatti, Walter Breda, Yunes Chami

Músico: Tato Fischer 

Data

19/03/2016 a 19/03/2016

Dias e Horários

Sábado, das 14h às 18h.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis

Inscreva-se agora