Atividades

Uma conexão entre as novas formas de ação política, o cenário político atual e o pensamento crítico

Cursos On-Line
Ciclo de Debates: A Inovação na Política

Voltar para o início Ciclo de Debates: A Inovação na Política

Programa


A história política do Brasil é marcada por períodos de grande turbulência. O cenário atual é especialmente desafiador, pois estamos vivenciando o mais intenso conflito institucional desde a redemocratização de nosso país ao mesmo tempo que estamos passando pela pior pandemia dos últimos 100 anos. Tudo ao mesmo tempo. Para compreendermos os fatos em sua totalidade, é preciso analisar de forma minuciosa os acontecimentos e separar o que é passageiro daquilo que de fato irá marcar nossa história.

 

A crise política que vivemos carregue em si a possibilidade de sua superação ou estamos condenados ao fracasso?

 

Tanto do ponto de vista institucional, quanto da sociedade civil, a respostas dos atores políticos à turbulência é variada e a compreensão destas abordagens é fundamental para entendermos tanto o cenário onde estão inseridos quanto o sentido das mudanças que estão propondo e seus possíveis impactos na sociabilidade política de nosso país. Novas pautas, novas formas de agir politicamente, novos atores e um sistema político em crise? Qual o real impacto destas transformações na cultura política brasileira?

 

"A inovação na política” é um ciclo de debates que visa estabelecer uma conexão entre estas novas formas de ação política, o cenário político atual e o pensamento crítico, gestado na academia. Buscamos criar um espaço para refletirmos sobre o lugar do novo tanto na política quanto no pensamento acadêmico. Com isto queremos também homenagear uma importante pensadora da academia brasileira, Maria Célia Pinheiro Machado Paoli, professora doutora do departamento de Sociologia da USP, fundadora do Centro de Estudos dos Direitos da Cidadania (CENEDIC) da USP, autora e coautora de livros como “O sentido da democracia”. Seus trabalhos acompanharam o surgimento dos novos movimentos sociais no Brasil entre 1970 a 1990 e sua obra influenciou dezenas de militantes e acadêmicos brasileiros com uma visão extremamente inovadora tanto do agir político quanto do pensamento crítico.


 

 

Debates

26/10 - 19h às 21h

Crise do modelo da democracia institucional?

Vivemos uma crise do modelo de Democracia atualmente? Qual o cerne desta crise? É estrutural ou apenas conjuntural? Como a atuação pública dos movimentos sociais se insere neste cenário político?

Com Vera Telles (USP) e Juliane Furno (Levante Popular da Juventude)

Mediação: Gustavo Carneiro Vidigal Cavalcanti

 

27/10 - 19h às 21h

Experimentos políticos e análise acadêmica

Como a academia têm acompanhado as mudanças na forma de se fazer política na sociedade do século XXI? Como o pensamento crítico tem avaliado a forma de se fazer política a partir da plataforma digital? Novos atores políticos, velhos problemas e quais abordagens teóricas?

Com Marco Antonio de Almeida (USP), Fábio Maleronka Ferron (doutorando no Departamento de Sociologia da USP) e José Guilherme Pereira Leite (Escola da Cidade).

Mediação: Gustavo Carneiro Vidigal Cavalcanti 

 

28/10 - 19h às 21h

A política no Brasil do século XXI

Panorama da situação da sociedade civil e os desafios da conjuntura política brasileira para os atores políticos não institucionais na atualidade.

Com Vinicius Wu (PUC/RJ e FGV/RJ) e Jô Mainardi (coletivo Torém/Vira Voto).

Mediação: Gustavo Carneiro Vidigal Cavalcanti

 

29/10 - 19h ás 21h

A inovação na política

Qual a importância da inovação na prática política da sociedade civil? O debate em torno da participação social está relacionado com o futuro da democracia no Brasil atualmente? É possível avaliar criticamente novas formas de ação social a partir da análise de experiências concretas?

Com Diego Azzi (UFABC) e Carol Trevisan (jornalista)

Mediação: Gustavo Carneiro Vidigal Cavalcanti. 

 

 

Obs: O participante precisa ter celular e computador e conhecer os princípios básicos para uso desses equipamentos. Após a conclusão da sua inscrição on-line na atividade e/ ou curso, você receberá por e-mail um link de acesso à Plataforma Microsoft Teams, onde será realizada a atividade e/ou curso, com até 1 (um) dia de antecedência da data de início. O acesso também poderá ser realizado através do web navegador de sua preferência.

 

As inscrições podem ser feitas a partir das 14h do dia 28/9, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

 

*Este curso será 100% Online. Após o encerramento, será possível solicitar sua declaração de participação, enviando um email para declaração.cpf@sescsp.org.br

Palestrantes

José Guilherme Pereira Leite

José Guilherme Pereira Leite

Escritor, ensaísta e crítico. Professor universitário. Cientista Social e doutorando em Filosofia pela USP. Serviu ao extinto MinC, em diversas ocasiões, entre 2002 e 2012. Coordenou por cinco anos o Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea da Escola da Cidade. É autor de "As malhas da cultura" (Ateliê Editorial).
(Foto: Acervo Pessoal)

Fabio Maleronka Ferron

Fabio Maleronka Ferron

Doutorando em Sociologia da Cultura (USP/2019). Foi curador do Ciclo de Debates "História da Política Cultural no Brasil" no Centro de Pesquisa e Formação do SESC SP (2018). Docente do Curso Produção Cultural Contemporânea, Programação e Curadoria na SP Escola de Teatro e na Unibes Cultural.
(Foto: Acervo Pessoal)

Gustavo Vidigal

Gustavo Vidigal

Doutorando na EACH-USP e pesquisador do CEAPG-FGV/SP. Foi secretário Adjunto no Ministério da Cultura entre 2008 e 2010, chefe de Gabinete do Prefeito Fernando Haddad em 2013 e Secretário Adjunto da Secretaria de Relações Internacionais e Federativas da PMSP entre 2015 e 2016.

(Foto: Acervo Pessoal)

Vera Telles

Vera Telles

Professora livre docente sênior do departamento de Sociologia da USP e pós-doutoranda na École de Hautes Etudes en Sciences Sociales - Paris, França (1999-2000). No Programa de Pós-Graduação em Sociologia (PPGS-USP), coordena do grupo de Pesquisa Cidade e Trabalho da USP. É autora dos livros “A cidade nas fronteiras do legal e ilegal” (2010) e em co-autoria com Angelina Peralva o livro “Ilegalismos na globalização: trabalho, migrações, mercados.” (2015).
(Foto: Acervo Pessoal)

Juliane Furno

Juliane Furno

Cientista social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestre e doutora em desenvolvimento econômico no Instituto de Economia da Unicamp. É assessora parlamentar na câmara dos deputados, colunista do jornal Brasil de Fato e militante do Levante Popular da Juventude.
(Foto: Teresa Maia)

Marco Antonio de Almeida

Marco Antonio de Almeida

Doutor em Ciências Sociais pela UNICAMP e professor livre-docente em Ciência da Informação e Documentação da FFCLRP-USP. Também é professor e orientador no programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da ECA-USP. Foi editor-responsável do periódico InCID (2015-2017).

Vinicius Wu

Vinicius Wu

Doutorando e mestre em Comunicação Social pela PUC-Rio. Idealizador do Gabinete Digital, vencedor de quatro prêmios nacionais em gestão pública e três internacionais, incluindo o prêmio Bank Beneficiary Feedback Awardse o prêmio ao serviço público concedido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Foi Secretário de Articulação Institucional do Ministério da Cultura; Secretário-Geral de Governo do Estado do Rio Grande do Sul e Chefe de Gabinete da Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça.
(Foto: Acervo Pessoal)

Jô Mainardi

Jô Mainardi

Consultora Relações Públicas, mestre em Comunicação e Cultura/UFRJ, atua no Torém, coletivo que articula redes de afeto e solidariedade em torno de temas regenerativos (inclusão política, protagonismo social feminino e alimentação saudável) com Cris Minami, Chica San Martin e Mariana Della Barb
(Foto: Alice Guedes)

Diego Azzi

Diego Azzi

Coordenador do Bacharelado em Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC). Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP, 2013) com período de estágio sanduíche (2011-2012) na Université Sorbonne Paris I (Panthéon-Sorbonne). Suas pesquisas envolvem a interface entre sociedade civil e relações internacionais no capitalismo contemporâneo.
(Foto: Acervo Pessoal)

Carol Trevisan

Carol Trevisan

Jornalista, colunista de direitos humanos e política e comentarista de política no UOL. Atuou com direitos da infância e enfrentamento ao racismo na Fundação Kellogg. Participa do Núcleo Afro (Cebrap) e do grupo de pesquisa Jornalismo, Direito e Liberdade (ECA/IEA/USP). É membro do Emerging Leaders International Fellows Program da City University of New York (CUNY) e "Jornalista Amiga da Criança".
(Foto: André Neves)

Data

26/10/2020 a 29/10/2020

Dias e Horários

De segunda a quinta, das 19h às 21h

Curso 100% online

Local

Em casa

Valores

R$ 21,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 35,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 70,00 - inteira

Inscreva-se agora