Atividades

O curso pretende, em oito encontros, introduzir temas ligados à gestão cultural em contextos tradicionais

Curso de gestão cultural em contextos tradicionais

Voltar para o início Curso de gestão cultural em contextos tradicionais

Programa

Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.

As inscrições podem ser feitas a partir de 08 de Agosto, às 14h, pelo site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas unidades do Sesc em São Paulo.


Como podemos pensar a gestão cultural das manifestações tradicionais? Depois do registro do patrimônio imaterial, como proceder para que não haja musealização das tradições? Como aproveitar os saberes tradicionais no âmbito acadêmico sem descaracterizá-lo? Este curso com oito encontro pretende discutir questões como estas e propor aprofundamentos nos temas das culturas populares.

03/09 - Antropologia e Cultura Popular: questões conceituais e metodológicas
Com: Carlos Rodrigues Brandão
    
17/09 - Folclore, Cultura Popular e Cultura Erudita
Com: Ivan Vilela

01/10 - Metodologia da Pesquisa (Parte Teórica e Prática/Trabalho de Campo)
Com: Alberto Ikeda 

15/10 - Políticas Públicas e Culturas Populares
Com: Dane de Jade

29/10 - Pedagogia das Danças e Folguedos Brasileiros
Com: Alessandra Ribeiro

12/11 - Linguagens e Narrativas 3H
Com: Ana Yano

12/11 - Patrimônio Imaterial - Mapeamento e Registro
Com: Silvana Rubino

26/11 - Etnomusicologia
Com: Alberto Ikeda 

26/11 - Artes Visuais na perspectiva das Culturas Populares
Com: Ricardo Lima

03/12 - Religiosidade, Crenças e Cultos Populares
Com:  Vagner Silva

ENCERRAMENTO DO CURSO - AVALIAÇÃO

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Yara Arantes)

Palestrantes

Alberto Ikeda

Alberto Ikeda

Professor de Etnomusicologia e Culturas Populares na Unesp, onde coordena o grupo de estudos de música étnica e popular do Brasil da América Latina. (Foto: Acervo pessoal)

Carlos Rodrigues Brandão

Carlos Rodrigues Brandão

Livre docente em Antropologia do Simbolismo pela Unicamp. Realizou estudos de pós-doutorado em antropologia junto à Universidade de Perugia e à de Santiago de Compostela. 

Ivan Vilela

Ivan Vilela

Músico, professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e pesquisador da Universidade de Aveiro onde trabalha no projeto AtlaS - Atlântico Sensível ligado ao INET-md (Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudo de Música e Dança). Foi o consultor do IEPHA-MG no projeto que tornou a viola um patrimônio imaterial do Estado Minas Gerais.
(Foto: Isabel Vilela)

Vagner Gonçalves Silva

Vagner Gonçalves Silva

Doutor em Antropologia Social, professor livre-docente da USP. Desenvolve pesquisas na área de populações afro-brasileiras, sobre temas como religiosidade, artes afro-brasileiras e representação etnográfica.
(Foto: Acervo Pessoal)

Dane de Jade

Dane de Jade

Atriz, produtora cultural, pesquisadora. Doutoranda em Turismo, Lazer e Cultura pela Universidade de Coimbra - Portugal. Coordenadora da Escola Vila da Música e do Escritório Regional de Cultura Cariri/Secult Ceará.
(Foto: Acervo Pessoal)

Ricardo Lima

Ricardo Lima

Professor Adjunto do Instituto de Artes / UERJ (desde 1995), onde leciona na graduação e no Programa de Pós-Graduação em Artes, coordena o Núcleo de Cultura e Arte Populares e é co-editor da Revista Textos Escolhidos de Cultura Popular. Foi pesquisador do Centro Nacional de Cultura Popular / IPHAN / MinC (1983 - 2011), onde foi responsável pelo Setor de Pesquisa e Coodenador da Sala do Artista Popular. Assumiu no período de 2009 a 2011 a Coordenação Técnica do Programa de Promoção do Artesanato de Tradição Cultural.
(Foto: Acervo Pessoal)

Ana Yano

Ana Yano

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2005), mestrado (2010) e doutorado (2015) em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo. Atualmente é pesquisadora colaboradora do Centro de Estudos Ameríndios (CEstA/USP).
(Foto: Éric Brochu)

Data

03/09/2016 a 03/12/2016

Dias e Horários

Sábados, 10h às 17h30

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 36,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 60,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 120,00 - inteira

Notícias


Gestão cultural em contextos tradicionais
Temas ligados à gestão cultural em contextos tradicionais