Atividades

A arte de vanguarda revolucionária russa no entre guerras, uma historiografia "a contrapelo"

Contextos
Do cavalete à máquina: A arte de vanguarda russa (1917-1936)

Voltar para o início Do cavalete à máquina: A arte de vanguarda russa  (1917-1936)

Programa

A partir de obras, filmes e textos de época, discutiremos a história da arte de vanguarda russa segundo o grupo LEF. Aglutinados em torno de Maiakovski alguns integrantes das vanguardas artísticas russas montaram o LEF. O LEF constituiu-se como uma "resistência de esquerda" nas artes, composta por artistas (cineastas, fotógrafos, escritores, etc.) de diferentes correntes (futuristas, construtivistas, produtivistas, etc.) que buscavam desenvolver uma arte revolucionária. Discutindo o que talvez tenha sido uma das aproximações mais ricas entre arte e política, o presente curso abordará os momentos centrais e as principais obras dos lefistas.

 

Há quase 100 anos de distância, as influências da produção artística do grupo ainda são vistas hoje, e é por sua atualidade que acreditamos que os debates e obras do LEF ainda tem relevância para a produção das artes visuais, arquitetura, publicidade, teatro e cinema contemporâneos.

O curso será ministrado por quatro historiadores da arte russa (ECA/FFLCH/USP). Este curso foi desenvolvido a partir de palestras curtas, ministradas no próprio SESC (na ocasião do centenário da revolução e da exposição "Vkhutemas: O futuro em construção [1918 - 2018]", em 2017 e 2018). Por sua recepção positiva decidimos aprofundar o debate e instigar novas produções e reflexões artísticas, rumo ao fortalecimento do campo.


As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.


Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Crédito: Pedro Ribeiro Simões Seguir - Composition (1917) - Liubova Popova (1889-1924))

Palestrantes

Clara Figueiredo

Clara Figueiredo

Fotógrafa e pesquisadora. Doutora e mestre em Artes (ECA/USP).

(Crédito: Acervo Pessoal)

Marcela Fleury

Marcela Fleury

Gravurista e curadora. Mestranda em História e graduada Artes (FFLCH/ECA/USP).

(Crédito: Acervo Pessoal)

Thyago M. Villela

Thyago M. Villela

Mestre em Artes (ECA/USP) e doutorando em Sociologia (Unicamp).

(Crédito: Arquivo Pessoal)

Peterson Pessoa

Peterson Pessoa

Mestre em Artes (ECA/USP) e doutorando em História (FFLCH/USP).

(Crédito: Arquivo Pessoal)

Bibliografia

ARVATOV, Boris. Arte y produccion: el programa del productivismo. Trad. José Fernandez Sanchez. Madrid: Alberto Editor, Corazon, 1973. 


"Everyday life and the culture of the Thing (Toward the Formulation of the Question)". Trad. Christina Kaier. In: OCTOBER 81, Cambridge, MA, MIT Press, Summer 1997, p. 119-128. 


ALBERA, François. Modernidade e vanguarda no cinema. Trad. Adilson Mendes, Fabio Raddi Uchoa. São Paulo: Azougue, 2012, p. 236-237. 


FITZPATRICK, Sheila. The cultural front. Londres: Cornell University Press, 1992. 


FIGUEIREDO, C. F., Foto-grafia: o debate na Frente de Esquerda das Artes. Orientador: Luiz Renato Martins, Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, Escola e Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. 


"Construtivismo russo: história, estética e política", in JINKINGS, I.; DORIA, K. (org.), 1917: o ano que abalou o mundo, São Paulo: Boitempo, Ed. SESC/SP, pp. 91-102, 2017. 


KAHN-MAGONEDOV, Selim O. VHUTEMAS. Trad. Joelle Aubert-Young. Paris: Editions Du Regard, 1990.
 

RODCHENKO, Alexandr. Cartas de París. Trad. Sergio Mendonza. Madrid: La Fabrica Editorial, 2009
 

TARABUKIN, N. M. El ultimo quadro: del caballete a la maquina. Trad. Andrei B. Nakov. Barcelona: G. Gili, 1977. 


TRETIAKOV, Sergei. "Art in the Revolution and the Revolution in Art (Aesthetic Consumption and Production)". October 118. Cambridge: MIT Press, 2006.


LODDER, Christina. El constructivismo ruso. Trad. Maria Condor Orduña. Madrid: Alianza Editorial, 1988. 


MARTINS, Luiz Renato. "O debate entre o construtivismo e o produtivismo, segundo Nikolay Tarabukin". In: Ars, São Paulo: Departamento de artes plásticas, ECA-USP, ano 1, n. 2, 2003.
 

MALLY, Lynn. Culture of the future: the Proletkult movement in revolutionary Russia. Berkeley: University of California Press, 1990 


PESSOA, P. S. Stachka: um ensaio sobre antagonismos. Orientador: Luiz Renato Martins, Programa de Pós- Graduação em Artes Visuais, Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. 


VILELLA, Thyago Marão, O ocaso de outubro

 

Data

18/07/2019 a 29/08/2019

Dias e Horários

Quinta, 10h às 13h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 27 de junho, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Valores

R$ 9,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 15,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 30,00 - inteira