Atividades

Diagnóstico da loucura como prática social de isolamento feminino.

Percursos Urbanos
Dona Yayá: Memória viva do silenciamento feminino por meio da clausura

Voltar para o início Dona Yayá: Memória viva do silenciamento feminino por meio da clausura

Programa

O diagnóstico de histeria e de loucura em mulheres apresenta, na história da medicina, um lastro de seu uso indiscriminado como mecanismo de dominação socioeconômico da autonomia e da vida de mulheres, bem como um processo histórico-cultural das práticas de isolamento de mulheres, com objetivos repressivos, que contribuíram para uma crescente disparidade entre gêneros.

Este encontro, com visita à casa de Dona Yayá, atualmente sede do Centro de Preservação Cultural da Universidade de São Paulo, visa conhecer e refletir sobre como o espaço físico do imóvel de Dona Yayá mantém traços desta violenta prática de enclausuramento feminino. 

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Ana Paula Müller de Andrade

Ana Paula Müller de Andrade

Psicóloga, doutora em Ciências Humanas pela UFSC, com estágio sanduíche na Università degli Studi di Torino - Itália e pós doutorado na UFP. Atualmente é professora no Departamento de Psicologia da Unicentro, campus Irati.
(Foto: Acervo Pessoal)

Marly Rodrigues

Marly Rodrigues

Doutora em História pelo IFCH - Unicamp, foi historiógrafa do Condephaat, coordenou a Seção Técnica de Levantamento e Pesquisa, do Departamento do Patrimônio Histórico, DPH - SMC/SP e a Divisão Técnica do IPHAN - SP. Atualmente é diretora de Memórias Assessoria e Projetos. Entre outros estudos, publicou A casa de Dona Yayá que integra o Cadernos CPC, 2001.
(Foto: Divulgação)

Data

22/11/2019 a 23/11/2019

Dias e Horários

Sexta, 14h30 às 17h30.
Sábado, das 13h30 às 16h30

As inscrições podem ser feitas a partir de 29 de outubro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 7,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 12,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 25,00 - inteira

Inscreva-se agora