Atividades

Leitura dramática de peças que tratam da cidade de São Paulo.

Experiências Estéticas
Dramaturgias Urbanas: Estilhaços de janela fervem no céu da minha boca

Voltar para o início Dramaturgias Urbanas: Estilhaços de janela fervem no céu da minha boca

Programa

Esse texto trata de despejos corporais e simbólicos, questiona a crescente domesticação de corpos e a normatização de visões de cidade que restringi o convívio entre a multiplicidade de discursos humanos existentes no tecido urbano. É uma dramaturgia que nasceu da experiência do autor Victor Nóvoa que morou  por um ano em um prédio ocupado, com risco iminente de despejo. Com esse texto o autor busca compartilhar com o público a vontade de questionar o processo de gentrificação que cada vez mais se intensifica em São Paulo. Pontua uma lógica de cidade que exclui repertórios de uso dos cidadãos e pauta o uso da cidade segundo o discurso da eficiência e desempenho.


Texto: Victor Nóvoa

Direção: Eliana Monteiro

Elenco: Ana Vitória Bella, Helena Cardoso, Ícaro Rodrigues, Lucienne Guedes, Paulo Arcuri e Victor Nóvoa

Músico: Carlos Zimbher

Produção: Coletivo A Digna 

 

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Crédito: Helena Cardoso)

Data

27/01/2020 a 27/01/2020

Dias e Horários

Segunda, 19h30 às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 20 de dezembro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Valores

Grátis