Atividades

Um debate ainda não resolvido, salvo por quem se vale das ideologias políticas.

Contextos
É possível uma sociedade justa?

Voltar para o início É possível uma sociedade justa?

Cancelado

Programa

Além de filósofos, cientistas políticos e outros intelectuais, é provável que cidadãos anônimos, políticos, artistas, celebridades da moda e profissionais de quase todas as categorias já se tenham perguntado algum dia sobre o que vem a ser uma sociedade justa. Desde a antiguidade, essa indagação continua a ser feita com respostas variadas, já que cada um parece levar em consideração apenas seus interesses particulares ou suas inabaláveis convicções ideológicas.

Primeiramente, o que é justo e injusto, a fim de que o atributo seja aplicado a toda uma sociedade? É justo o que é conforme à justiça, e assim a uma norma que define e estipula relações? Mas poderia a norma ser injusta ou ilegítima, sob outro ponto de vista não exclusivamente legal? Não deveria a ideia do Bem anteceder ao de Justiça? Ou o justo decorrer do ético? Seria mais justa uma sociedade de absoluta igualdade ou de plena liberdade? É justo dar a cada um somente o que lhe é devido? Ou mais justa seria a sociedade de Louis Blanc, na qual a repartição das riquezas se daria "de cada um segundo seus meios, a cada um segundo suas necessidades"? Mas se os talentos e as contribuições à sociedade são diferentes, como retribuir apenas as necessidades? Para haver justiça na sociedade, como gerar e distribuir a produção econômica?  Como devem ser constituídos os poderes institucionais? Como estabelecer direitos e deveres, e quais seriam os mais racionais e benéficos? Seriam eles mutáveis ou independentes do tempo?

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600


(Foto: Dimitris Pollatos)

Palestrantes

Newton Cunha

Newton Cunha

Newton Cunha, ex-assessor do Sesc de São Paulo, formado em jornalismo e filosofia, autor de: Dicionário SESC, A Linguagem da Cultura (Ed. Perspectiva, 2001), Cultura e Ação Cultural (Edições Sesc, 2008); Fundamentos Filosóficos do Naturalismo em O Naturalismo (Ed. Perspectiva, 2010), entre outros. Tradutor de Descartes, Spinoza, Diderot, Giordano Bruno e Leibniz, entre outros autores.
(Foto: Acervo pessoal)

Data

07/11/2019 a 07/11/2019

Dias e Horários

Quinta, 14h às 17h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 29 de outubro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira