Atividades

Curso aborda obra do intelectual Muniz Sodré

Contextos
Filosofias do jogo e do espaço em Muniz Sodré

Voltar para o início Filosofias do jogo e do espaço em Muniz Sodré

Programa

Contemplando a obra ficcional e o manancial teórico do mestre baiano radicado no Rio de Janeiro, pensamos fundamentos e formas das diásporas africanas no Brasil e nas Américas. Conceitos, imagens, dilemas e anunciações políticas compõem o curso que apresenta e pensa encruzilhadas fundamentais do povo preto no país. O dilema de, simultaneamente,  ser centro e ser margem de sua história e sua contemporaneidade. Ser miolo e ser beirada.

São várias as veredas no estudo conjunto da obra desse mestre singular: apreciarmos detalhes da presença negra como formadora das cidades do Brasil, do campo arquitetônico ao urbanístico; traçar relações frutíferas entre seu legado e o pensamento oficial nacional; desfrutar e matutar sobre personalidade e humanidade com sua estética literária; compreender algo dos vastos imaginários de matriz africana que se mantém vigorosos e ferventes no futuro, sofisticados no passado e férteis no presente, sem dispensar contradições ou abraçar maniqueísmo.

Aula 1 - Letra é treta. Com histórias dos livros “Santugri – Histórias e mandingas de capoeiragem” e “A lei do santo”, pensemos a ficção nas matrizes africanas e os desafios culturais da negritude no Brasil como horta e legado. A imaginação e a musicalidade na pele do verbo escrito. Luta, teatralidade e destino na composição da vida, de personagens e enredos.

Aula 2-  O jogo, segredo revelado que não mata o mistério: Reinvenção do Tempo como matriz de compreensão e realização da vida; Mito e realidade no corpo, na ideia e no cotidiano; Pensamento simbólico como força e contribuição ao imaginário social brasileiro. Roda, regras, princípios e fundamentos. Práticas políticas e dinâmicas de comunicação. Conceitos de obrigação e destino.

Aula 3 - Corpo e comunidade: Culto à arkhé (ancestralidade). Estratégias possíveis e reinventadas das comunidades negras brasileiras. Africanias e tranças entre os tempos dos mortos, dos vivos e dos não-nascidos. A noção de “verdade” seduzida pelos jeitos do corpo. A aparência como profundidade. Mandinga e Educação, imanência e transcendência.

Aula 4 - O Território: Mocambos, terreiros e cazuás como alternativa e coração na cidade; Presença comunitária, antirracismo e conflito; Formas de organização comunitária como princípio, resistência e anunciação; O lugar como inscrição e recriação ancestral. Encruzilhadas entre afrobrasilidade, negritude e brasilidade nas lógicas do espaço urbano e nacional.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Allan da Rosa

Allan da Rosa

Historiador e mestre em Cultura e Educação pela USP. Doutorando pela FE/USP. Apresentou palestras, oficinas, cursos, seminários, recitais e participou de debates e mesas-redondas sobre matrizes culturais negras e diásporas africanas em centros culturais, universidades, museus e bibliotecas de todas as regiões do Brasil e em países como México, Cuba, EUA, Moçambique, Colômbia, Bolívia e Argentina. Colaborador do programa "Entrelinhas", da TV Cultura, entre 2009 e 2012, apresentando quadros sobre literatura africana e afro-diaspórica. Fundador do selo Edições Toró.
(Foto: Acervo pessoal)

 

Data

04/11/2019 a 07/11/2019

Dias e Horários

Segunda a Quinta, 19h30 às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 29 de outubro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira

Inscreva-se agora