Atividades

Descolonização das artes-culturas negras no mundo contemporâneo

Cursos On-Line
Lagos 77: Artes negras - Uma introdução

Voltar para o início Lagos 77: Artes negras - Uma introdução

Programa

Ainda hoje, no século XXI, certos grupos têm que gritar e lutar por reconhecimento de sua humanidade e contra as inúmeras formas de apartação e violência do colonialismo global e interno, dentro dos estados-nação marcados pelo racismo.

Uma geografia artístico-cultural do atlântico sul-sul se desenha aqui, reconhecendo sua provisoriedade. Mas, pode alcançar e sanear outros mares-oceanos e margens das desigualdades econômicas e simbólicas mundiais contemporâneas.

Essa então é uma nave metafórica anti-hegemônica, polifônica, policêntrica e coloridamente negra. Isso configura uma dimensão heterogênea, complexa e rica de Estudos Culturais Afro-brasileiros, por assim dizer, pioneiramente iniciados por Manoel Querino e Souza Carneiro ainda no século XIX.

Adensados ao longo de todo o século XX por Souza Dantas, Ruth Guimarães, Edison Carneiro e significativamente ampliados nos últimos 40 anos por Lélia Gonzáles, Muniz Sodré, Inaicyra Falcão e, que estão, simultaneamente, dentro e fora e dos espaços acadêmicos, muitas vezes carregados e mantidos pelos movimentos socioculturais negros, de acordo com as circunstâncias da sua capacidade organizativa e dialógica.

O festival de Artes e Culturas Negras realizado em Lagos, Nigéria, em 1977 é evocado aqui como o marco do inacabado processo de descolonização das artes-culturas negras no mundo contemporâneo.

8/6 - Musicalidades negras, linhas e tradições
Com Salloma Salomão.

9/6 - Cinema negro: lugares de memórias.  
Com Joice Prado.

10/6 - Artes da palavra e pensamento preto
Com Allan da Rosa.

11/6 - Artes Visuais de um tempo negro: entre apagamento e visibilidades.
Com Renata Felinto.

15/6 - Teatro negro, modernidade e modernização no Brasil (notas de trabalho)
Com José F.P.Azevedo.

16/6 - Corpo, colonialidade e transbordamentos nas danças da diáspora negra
Com Luciane Ramos Silva.

17/6 - Jazz e rebeldia
Com Edson Iké.

18/6 - Poéticas de nossos modos de dizer
Com Neide Almeida.

Obs: O participante precisa ter celular e computador e conhecer os princípios básicos para uso desses equipamentos. Após a conclusão da sua inscrição on-line na atividade e/ ou curso, você receberá por e-mail um link de acesso à Plataforma Microsoft Teams, onde será realizada a atividade e/ou curso, com até 1 (um) dia de antecedência da data de início. O acesso também poderá ser realizado através do web navegador de sua preferência.

Os encontros em ambiente on-line não são gravados, não sendo disponibilizados seus registros para posterior visualização.

As inscrições podem ser feitas a partir das 14h do dia 27/5, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

O pagamento dever ser feito através do cartão de crédito, e trabalhamos com as bandeiras Visa, Mastercard, Elo e Hipercard.

*Este curso será 100% Online. A declaração será enviada automaticamente em até 10 dias após a finalização da atividade e caso isso não ocorra, você poderá solicitar pelo e-mail: declaracao.cpf@sescsp.org.br

Palestrantes

Allan da Rosa

Allan da Rosa

Maloqueiro e angoleiro. Historiador, mestre e doutorando em Educação pela USP. Autor de "Pedagoginga, Autonomia e Mocambagem", ensaio sobre culturas negras e educação popular. Escritor de ficção, é autor de "Zumbi Assombra Quem?
(Foto: Edições Toró)

 

Salloma Salomão Jovino da Silva

Salloma Salomão Jovino da Silva

Intelectual público. Com doutorado em História pela PUC-SP e pesquisas sobre culturas afrodiásporicas com ramificações no Brasil e Américas, Áfricas e Europa ocidental. 
(Foto: Ali Ghandtschi Berlinale)

Luciane Ramos Silva

Luciane Ramos Silva

Artista da dança, antropóloga e mediadora cultural. Doutora em Artes da Cena e mestre em Antropologia pela Unicamp. Coedita a revista O Menelick2Ato, é gestora de projetos do Acervo África e compõe a Anikaya Dance Theater, companhia sediada em Boston.
(Foto: Acervo Pessoal)

Renata Felinto

Renata Felinto

Artista visual, pesquisadora e professora. Doutora e mestra em Artes Visuais pelo IA/Unesp e especialista em Curadoria e Educação em Museus de Arte pelo MAC-USP. É professora na Universidade Regional do Cariri.
(Foto: Jaqueline Rodrigues)

Joice Prado

Joice Prado

Formada em Rádio e TV pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e especialista em Roteiro Audiovisual pelo Centro Universitário SENAC. É diretora administrativa da Associação de Profissionais do Audiovisual Negro (APAN).
(Foto: Acervo Pessoal)

José F.P. Azevedo

José F.P. Azevedo

Dramaturgo e diretor de teatro e filmes, pesquisador, curador; estudou cinema e filosofia, com doutorado em estética sobre o trabalho de Bertolt Brecht (USP).
(Foto: Acervo Pessoal)

Edson Iké

Edson Iké

Pesquisador, improvisador e artista gráfico. Artista de Mauá (ABC Paulista) toca no Conde Favela Sexteto, além de experimentos e buscas sonoras e visuais.
(Foto: Acervo Pessoal)

Neide Almeida

Neide Almeida

Escritora, poeta; socióloga, mestre em Linguística. Consultora na área de escrita, leitura e literatura. Autora da zine "Nambuê", pela MoriZines, e do livro "Nós: 20 poemas e uma Oferenda", Ciclo Contínuo Editorial.
(Foto:
Osmar Moura)

Data

08/06/2021 a 18/06/2021

Dias e Horários

Terças a Sextas, 19h às 21h.

Curso 100% online

Inscrições a partir das 14h do dia 27/5, até o dia 7/6.
Enquanto houver vagas.

Local

Plataforma Microsoft Teams

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira