Atividades

Lima Barreto: história, literatura e engajamento

Em Debate: Outsiders
Letras militantes: história, política e literatura em Lima Barreto

Voltar para o início Letras militantes: história, política e literatura em Lima Barreto

Programa

O regime republicano em que vivemos desde o final do século XIX teve em Lima Barreto (1881-1922) um testemunho crítico de suas primeiras décadas. O escritor negro documentou exaustivamente nas páginas da imprensa e na sua obra literária as frustrações com o novo regime político e o desencanto com o seu perfil excludente.

Afinal, a abolição e a liberdade recém conquistadas não asseguraram direitos e cidadania para todos indiscriminadamente.

Como quase nada escapava à observação atenta de Lima Barreto, sua militância política e engajamento atravessam seus textos de forma inequívoca, bem como estão expressos na sua formação intelectual e nas suas leituras. Ao se conduzir desta forma, o literato deixou como legado uma certeza urdida a partir da "Vila Quilombo" (apelido jocoso que atribuiu à sua própria casa no subúrbio carioca): o protagonismo e o papel de sujeito da história também podem ser - e são - desempenhados pelas periferias.

Num tempo marcado pela desqualificação da política, em que a República permanece uma obra em construção e a luta por direitos se faz cada vez mais necessária, revisitar a trajetória desse intelectual nos permite compreender, numa perspectiva histórica, os nossos desafios contemporâneos.

Seus romances, contos, crônicas, artigos, diários e correspondências revelam a atuação de um escritor que fez da sua produção literária uma forma de intervir na realidade e participar ativamente do movimento da história. A palestra contempla esses e outros aspectos da história, literatura e engajamento do autor de Triste fim de Policarpo Quaresma.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Denilson Botelho

Denilson Botelho

Doutor em História Social pela Unicamp e professor do Departamento de História da Unifesp. É autor do livro “A pátria que quisera ter era um mito”, laureado com o Prêmio Carioca de Pesquisa.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

15/08/2019 a 15/08/2019

Dias e Horários

Quinta, 19h às 21h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 25 de julho, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira

Inscreva-se agora