Atividades

Com Valmir de Souza, Cláudio Roberto Sousa e Maria Betânia Amoroso

Cursos On-Line
Murilo Mendes e os modernistas

Voltar para o início Murilo Mendes e os modernistas

Programa

Este ciclo pretende promover reflexões e debates sobre a produção poética de Murilo Mendes e suas relações com a história, apontando as inovações no campo da literatura. Nesses encontros serão abordadas as relações com poetas como Oswald de Andrade, além da “vida italiana” de Murilo Mendes.

Às vésperas das comemorações de 100 anos da Semana de Arte Moderna e dos duzentos anos da Independência, rememorar a obra de um poeta que não participou diretamente da Semana de 22, mas que incorporou o espírito e os desdobramentos deste ato inaugural, realizando uma obra inovadora, com sátiras e provocações. Com seu estilo irreverente, criou um vocabulário dissonante ao longo de sua vida.

Além disso, nesse ano se comemora o aniversário de 120 anos do poeta.
 
13/5 – Dissonância poética de Murilo Mendes
Pretende-se mostrar um panorama da obra muriliana e sua dissonância no cenário do movimento modernista, produzindo uma poética fértil e inusitada. Voz audaciosa da  primeira metade do século XX, suas ideias passavam ao largo das doutrinas estéticas voltadas para a questão da nacionalidade. Reivindicava uma práxis cosmopolita, uma literatura sem fronteiras. Poeta brasileiro-universal que cultivava amizades com outros modernistas, sua terceira margem do imaginário, muito próxima dos surrealistas pela quebra das convenções artísticas, contestava os cânones e desautomatizava as percepções literárias. 
Com Valmir de Souza.
 
20/5 - Murilo Mendes e Oswald de Andrade entre a história e o riso no fim
O humor de Murilo Mendes nada fica a dever ao de Oswald de Andrade em suas respectivas obras: “História do Brasil” (1932) e “Pau Brasil” (1925). Ambos os textos aplicam golpes rápidos em seus leitores por meio de um humor crítico, capaz de provocar um riso que vai do constrangimento à destruição da história oficial.
Com Cláudio Roberto Sousa.
Mediação: Valmir de Souza.
 
27/5 - Murilo Mendes visto da Itália: o poeta entre lugares
Serão apresentadas algumas reflexões que ao tratar do caso particular do grande poeta mineiro, também incidem sobre as relações culturais entre o Brasil e Itália na segunda metade do século XX.
Com Maria Betânia Amoroso.
Mediação: Valmir de Souza.

Obs: O participante precisa ter celular e computador e conhecer os princípios básicos para uso desses equipamentos. Após a conclusão da sua inscrição on-line na atividade e/ ou curso, você receberá por e-mail um link de acesso à Plataforma Microsoft Teams, onde será realizada a atividade e/ou curso, com até 1 (um) dia de antecedência da data de início. O acesso também poderá ser realizado através do web navegador de sua preferência.

As inscrições podem ser feitas a partir das 14h do dia 28/4, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

O pagamento dever ser feito através do cartão de crédito, e trabalhamos com as bandeiras Visa, Mastercard, Elo e Hipercard.

*Este curso será 100% Online. A declaração será enviada automaticamente 1 dia após a finalização da atividade e caso isso não ocorra, você poderá solicitar pelo e-mail: declaracao.cpf@sescsp.org.br

(Arte: Walter Cruz)

Palestrantes

Valmir de Souza

Valmir de Souza

Professor, pesquisador e ensaísta, com doutorado sobre a poética de Murilo Mendes (USP), pós-Doutorado em Políticas Culturais na EACH/USP.  Associado ao Instituto Pólis. Autor do livro Cultura e literatura: diálogos (Edição do autor / Funcultura, São Paulo, 2008) e de vários artigos e ensaios sobre literatura e cultura, entre eles “Murilo Mendes: umapoética da dissonância” (www.revistasetefaces.com) e “Ensaio sobre a virada impossível ao real em A hora da estrela” (https://palavracomum.com).
(Foto: Acervo Pessoal)

Cláudio Roberto Sousa

Cláudio Roberto Sousa

Doutor em Letras no programa de Teoria Literária e Literatura Comparada da USP, com pós-doutorado pelo programa de Teoria e História Literária da Unicamp. Autor dos livros “Catatau de P. Leminski: riso e conspiração” (Editora Annablume) e “Riso e utopia em Machado de Assis e Paulo Lemisnki” (Editora Miró).
(Foto: Acervo Pessoal)

Maria Betânia Amoroso

Maria Betânia Amoroso

Livre docente e professora colaboradora do Departamento de Teoria Literária da Unicamp. Possui várias publicações entre as quais se destacam a biografia “Pasolini” (CosacNaify, 2003) e “Murilo Mendes, o poeta brasileiro de Roma” (Ed. Unesp/UFJF-MAMM, 2013).
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

13/05/2021 a 27/05/2021

Dias e Horários

Quintas, 18h às 20h.

Curso 100% online

Inscrições a partir das 14h do dia 28/4, até o dia 10/5.
Enquanto houverem vagas.

Local

Em Casa

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira