Atividades

a relação entre o habitante e a metrópole num momento de profundas transformações nos espaços da vida

Contextos
O espaço da metrópole, o tempo dos velhos e a alienação urbana

Voltar para o início O espaço da metrópole, o tempo dos velhos e a alienação urbana

Programa

Tradução em Libras disponível. Faça sua solicitação no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.

 

A modernidade é marcada por uma profunda ruptura na ordem tradicional das relações da humanidade com o tempo e com o espaço. A cidade, capturada no turbilhão de mudanças que atingem a vida em suas mais diversas esferas, será duramente atingida e deverá ocupar um novo lugar na ordenação do cotidiano. A extensão quase que ilimitada do fenômeno e da lógica da industrialização deu origem a uma sociedade de novo tipo, posta na trilha de constituição daquilo que foi chamado por Henri Lefebvre de "sociedade urbana". Nesse trajeto, a indústria perde a sua primazia, transferindo ao espaço urbano, sobretudo o das grandes metrópoles, a posição de elemento central da organização social mais atual. Em disputa, o sentido da produção do espaço parece ter sido cooptado pelos interesses econômico e, a serviço destes, começam a se tornar estranhos aos antigos habitantes da metrópole. A velocidade impressa pela necessidade de fluxos cada vez mais rápidos, as grandes obras que degeneram a memória cravada nas marcas dos espaços de referência da vida urbana e os novos espaços assépticos do consumo contemporâneo são avessos ao tempo lento e aos hábitos desajustados às novas exigências da acumulação. As metrópoles tornam-se, assim, os novos espaços da alienação urbana, que atinge, sobretudo, aos mais velhos.

 

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Palestrantes

César R. Simoni Santos

César R. Simoni Santos

Professor do Departamento de Geografia da USP, realizou parte de seu trabalho de pesquisa durante o doutorado vinculado à Université Paris 3 - Sorbonne Nouvelle.

Ana Fani Alessandri Carlos

Ana Fani Alessandri Carlos

Professora Titular em Geografia do Departamento de Geografia da FFLCH/USP.

André Douek

André Douek

Fotojornalista. Desde 1996, organiza saídas fotográficas para documentar locais interessantes da cidade de São Paulo.
(Foto: Paulo Leite)

Data

15/06/2016 a 15/06/2016

Dias e Horários

Quarta, 19h às 21h

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis