Atividades

ATIVIDADE ADIADA.

Autografias
O não ao manicômio: fronteiras, estratégias e perigos

Voltar para o início O não ao manicômio: fronteiras, estratégias e perigos

Programa

Lutar contra os manicômios, hoje, é mais do que lutar contra um modo perverso de lidar com a loucura: é lutar contra uma lógica que se propaga nas relações socias, na política e, muitas vezes, em nós mesmos.

A partir das discussões realizadas no livro “O não ao manicômio: fronteiras, estratégias e perigos” (Benjamin Editorial) e do contexto sociopolítico atual, no qual se proliferam muros – concretos e imaginários – como forma de enfrentamento das diferenças (sejam elas a loucura, a raça, o gênero ou as orientações sexuais), pretende-se fazer uma conversa sobre a gênese dos processos que desejam enclausurar aquilo que é diferente de nós, colocando em pauta a responsabilidade que temos diante dessa problemática.

A partir da redefinição das fronteiras do que é o manicômio e da compreensão das estratégias de luta contra ele, pretendemos discutir os novos perigos que se engendram. Mais do que achar culpados, movimento que pode acabar se transformando em uma construção de novos muros, pretende-se discutir o papel que cada um de nós tem na superação de um “desejo por muros” apoiados nas premissas de que o outro existe, a alteridade é incontornável, o mundo é de todos nós.

Ser antimanicomial não é apenas ser contra algo, mas, fundamentalmente, ser capaz de habitar o mundo tomando responsabilidades para si.

Além de sustentar os nãos, é preciso inventar sins.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

André Nader

André Nader

Psicanalista, acompanhante terapêutico e escritor. Há mais de dez anos vem refletindo sobre a loucura, os muros e a saúde pública. Atuou em diversos serviços da rede pública de atenção psicossocial. Atualmente, é supervisor institucional e de profissionais da rede.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

23/03/2020 a 23/03/2020

Dias e Horários

Segunda, 19h30 às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de fevereiro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis