Atividades

Um olhar para questões atuais relacionadas ao turismo e empregabilidade no contexto atual

Contextos
O Trabalho No Turismo Na Sociedade Contemporânea Brasileira

Voltar para o início O Trabalho No Turismo Na Sociedade Contemporânea Brasileira

Programa

Mais de um bilhão de turistas viajam pelo mundo todos os anos, sustentando uma economia que, em escala mundial, emprega centenas de milhões de pessoas principalmente nas "atividades características do turismo" (as ACTs), ou seja, são trabalhadores ocupados na prestação de serviços de agenciamento, transportes, alojamento, alimentação, cultura e lazer.

No Brasil, estima-se que mais de dois milhões de trabalhadores estejam ocupados formal ou informalmente na economia do turismo, a maior parte prestando serviços nas regiões Sudeste e Nordeste do país.

Apesar da importância do trabalho para a economia do turismo, há em todo mundo, inclusive no Brasil, uma desvalorização do trabalhador que é caracterizada especialmente por baixas remunerações e altas taxas de informalidade.

O Dia Mundial do Turismo foi criado pela OMT - Organização Mundial do Turismo, uma agência especializada das Nações Unidas e este ano tem como tema "Turismo e empregos: um futuro melhor para todos". Partindo deste tema geral, o professor  Paulo Fernando Meliani irá expor um panorama sobre as relações de trabalho no meio turístico, seus impactos e potencialidades.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Paulo Fernando Meliani

Paulo Fernando Meliani

Geógrafo, Mestre e Doutor em Geografia com a tese "Crítica à estética da mercadoria no turismo: dilemas da precarização do trabalho na produção do espaço de Itacaré, litoral sul da Bahia", é atualmente Professor Adjunto da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Entre outros temas, se interessa por Geografia Econômica do Turismo, especialmente questões relativas à produção turística do espaço geográfico e à distribuição espacial do trabalho no turismo.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

27/09/2019 a 27/09/2019

Dias e Horários

Sexta, 19h30 às 21h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 27 de agosto, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira

Inscreva-se agora