Atividades

Paisagens naturais, sociais e políticas.

Perspectivas
Paisagens Poéticas e Políticas: Fotografia, Diversidade e Direitos Humanos

Voltar para o início Paisagens Poéticas e Políticas: Fotografia, Diversidade e Direitos Humanos

Programa

O ciclo propõe uma incursão visual pelas paisagens sociais e naturais retratadas por fotógrafos e fotógrafas que se engajaram no trabalho de documentação de comunidades tradicionais, da questão indígena, da diversidade natural e do processo de desmatamento ambiental no interior do país.

Tem por objetivo colocar em diálogo trabalhos que revelam diferentes trajetórias e múltiplas formas de interpretação poética e política da diversidade cultural brasileira, da situação dos direitos humanos, bem como, dos conflitos sociais e ambientais no campo, a partir de distintas formas de compreensão do papel e potencial da fotografia.

12/11 - Nunca Verás Nenhum País Como Este

Neste encontro Elza Lima comentará o trabalho que desenvolve há 35 anos na Amazônia. Seu trabalho se debruça sobre os espaços Amazônicos e sua produção se caracteriza pela utilização dos cenários abertos captando situações oníricas de um tempo de aceleradas mudanças.
Com Elza Limas.

19/11 - Olhar Brasileiro
Neste encontro, a partir da prática do fotógrafo, serão discutidas as relações objetivas e subjetivas no campo da fotografia documental, o processo de construção de uma visualidade brasileira e o desenvolvimento de um trabalho que revela um profundo interesse pelo brasileiro, suas manifestações culturais e sua relação com a natureza. Seus principais ensaios (que deram origem a livros) incluem: Amazônia Ocupada, Trancoso, Caretas de Maragojipe e o mais recente trabalho sobre o Pantanal brasileiro.
Com João Farkas.

26/11 - Sociedade industrial em avalanche sobre povos tradicionais.
A transformação ambiental e social em Rondônia a partir de 1977 é uma escala recorde da ação humana na Terra. Em quatro décadas, uma área de superfície semelhante à Inglaterra é ocupada em processo rápido de colonização, por projetos governamentais de exploração agropecuária e extrativa que substituem sociedades nativas milenares na posse e forma de uso do solo. Neste encontro, Marcos Santilli narra visual e poeticamente a trajetória deste Estado, comparando personagens e ambientes ao longo do tempo.
Com Marcos Santilli.

3/12 - Embarque | Relato de Experiência
Embarque é um convite para uma breve viagem pontuada pela apresentação de um resumo das séries, ensaios e projetos fotográficos desenvolvidos pela fotógrafa Paula Sampaio, durante os últimos 30 anos  na Região Amazônica. Seus procedimentos e escolhas lançam um olhar sobre alguns temas: colonização, migrações, memória e esquecimento. Atualmente dedica-se  ao documentário fotográfico "Sobre vidas e estações".
Com Paula Sampaio.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Menino de Ariquemes - Marcos Santilli)

Palestrantes

Elza Lima

Elza Lima

Já expôs nos EUA, Espanha, França, Suíça, Alemanha e Portugal. Suas obras estão em coleções de Museus como o MASP, Centro Português de Fotografia. Porto. Portugal, Kunstmuseum Des Kantons Thurgau. Suíça e MAM do Rio de Janeiro. Atualmente desenvolve trabalho de pesquisa e documentação das comunidades ribeirinhas da região do Baixo Amazonas.

(Foto: Walda Marques)

Marcos Santilli

Marcos Santilli

Profissionalizou-se como fotojornalista, atuando em diversos órgãos de imprensa brasileira e estrangeira. Estudou Artes e Arquitetura na UNB e na New School for Social Research. Foi bolsista das fundações Guggenheim, Fullbright, Japão, Vitae e CNPQ. Participou de dezenas de exposições, tem três livros publicados, pertenceu à diretoria do Nafoto e dirigiu o MIS-SP.

 

(Foto: Luiza Bongir)

Paula Sampaio

Paula Sampaio

Com Paula Sampaio, atuou em diversas instituições como fotojornalista, experiência que  contribuiu para a sua decisão de documentar processos de migração/colonização na Amazônia. Possui obras nas coleções do MAR/RJ, MAM/SP, MASP/PIRELLI, MACRS, Fundação Biblioteca Nacional/RJ, Enciclopédia Itaú Cultural, Joaquim Paiva, Fundación Comillas e ProDocumentales/Espanha, Fifty Crows/EUA, TAFOS/Peru.

 

(Foto: Marcos Campelo)

João Farkas

João Farkas

Formado no fotojornalismo (foi editor da Revista Isto É e fotografou para grandes veículos jornalísticos do país). Seus trabalhos foram expostos em museus no Brasil e no exterior e suas obras fazem parte do acervo de instituições como a Maison Europeénne de la Photographie, I.C.P.- N.Y. Tulane University - New Orleans. 

(Foto: Ale Ruaro)

Data

12/11/2019 a 03/12/2019

Dias e Horários

Terças, 19h às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 29 de outubro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira

Inscreva-se agora