Atividades

ATIVIDADE ADIADA.

Contextos
Práticas de re-existência: relações entre arte e ativismo

Voltar para o início Práticas de re-existência: relações entre arte e ativismo

Programa

A prática de Virginia de Medeiros dissolve os limites entre arte e vida, entre performance artística e performatividade dos corpos no espaço real, entre veracidade e fabulação. A artista vive intensamente as experiências a que se propõe em cada um dos seus projetos e produz obras resultantes de registros filmados, relatos falados ou escritos e de vivências experimentadas com pessoas em alto nível de vulnerabilidade social, convidadas a participar dos projetos.

Os trabalhos tomam forma a partir das experiências vividas, em vídeo-instalações, fotografias, livros, trazendo ao campo artístico a potência e a integridade de cada um desses personagens reais, por meio das fábulas criadas pela artista em colaboração com os participantes. Nos últimos anos, Virginia participa ativamente do movimento MSTC (Movimento Sem Teto do Centro), trazendo para o campo das artes protagonistas importantes da luta macropolítica por moradia.

Como trabalhar as traduções de linguagem e deslocamentos ao navegar entre as práticas micro e macropolíticas, mantendo um posicionamento ético em cada uma das colaborações? Suely Rolnik investiga a relação imanente entre clínica, arte e política, e participará dessa reflexão a partir da apresentação da obra de Virginia de Medeiros, com mediação de Ana Paula Cohen.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Arte: Augusto de Campos - Pós-Tudo, 1984)

Palestrantes

Ana Paula Cohen

Ana Paula Cohen

Curadora independente, editora e escritora. Foi curadora residente do Center for Curatorial Studies – CCS, Nova York, co-curadora da 28ª Bienal de São Paulo e co-curadora do Encuentro Internacional de Medellín, na Colômbia. Atualmente é coordenadora da Pós-graduação em Estudos e Práticas Curatoriais, FAAP, e doutoranda no Núcleo de Estudos da Subjetividade, PUC-SP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Suely Rolnik

Suely Rolnik

Psicanalista, professora titular da PUC-SP, investiga a relação imanente entre clínica, arte e política. Entre seus livros publicados no Brasil e no exterior, "Esferas da insurreição. Notas para uma vida não cafetinada" (N-1, 2018), "Cartografia sentimental" (Sulina, 1989) e "Antropofagia Zumbi" (só publicado no exterior). Co-autora com F. Guattari de "Micropolítica. Cartografias do desejo" (Vozes, 1986).
(Foto: Nicolas Pousthomis)

Virginia de Medeiros

Virginia de Medeiros

Artista. Mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da UFBA. Entre suas exposições recentes estão "Arte Atual - Jamais me olharás lá de onde te vejo", Instituto Tomie Ohtake, São Paulo (2019) e "Alma de Bronze", Ocupação Nove de Julho do MSTC, São Paulo (2018). Outras exposições incluem "Histórias feministas", MASP, São Paulo (2019); 31ª Bienal de São Paulo, (2014) e 32º Panorama da Arte Brasileira, MAM, São Paulo (2011).
(Foto: Nicolas Soares)

Data

31/03/2020 a 31/03/2020

Dias e Horários

Terça, 19h às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de fevereiro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira