Atividades

Princípios da gestão da qualidade em organizações culturais

Autografias
Qualidade para a cultura

Voltar para o início Qualidade para a cultura

Programa

Poucos assuntos na gestão cultural são tão temidos e ainda tão pouco conhecidos quanto standards e sistemas de gestão da qualidade. Muitos líderes culturais temem a "padronização da cultura" e veem a adoção de Sistemas de Gestão da Qualidade (SGQ) como uma ameaça à liberdade e à criatividade artísticas. Alguns estão interessados em maneiras de melhorar o desempenho de suas organizações, mas assumem que Gestão da Qualidade é apenas para instituições privadas ou grandes.

A experiência internacional mostra exemplos bem-sucedidos de organizações culturais adotando certificações de qualidade (ISO 9001, por exemplo), além de desenvolvimento de standards e acreditações específicos para o setor cultural. E se gestão da qualidade for um assunto muito mais fácil e próximo do setor cultural do que imaginamos?

No painel "Qualidade para a Cultura" gestores culturais especializados nas áreas de museus, música e políticas públicas discutirão as oportunidades e possibilidades para melhoria da administração de organizações culturais através da adoção de princípios da gestão da qualidade e outros tipos de boas práticas. Coordenado pela gestora cultural e pesquisadora Beth Ponte, o evento apresentará ainda os resultados da pesquisa desenvolvida na Alemanha durante sua participação no programa German Chancellor Fellowship, da Fundação Alexander Von Humboldt, incluindo um inédito Guia de Referências com mais de 180 materiais da área de gestão cultural coletados em 13 países.

Mais informações em: www.qualityforculture.org/pt

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Crédito: QFC Relationship Mählerbrandt [www.maehlerbrandt.com])

Palestrantes

Renata Motta

Renata Motta

Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. De 2011 a 2016 atuou na área de museus da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, como Diretora Técnica do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) e Coordenadora da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM). Atualmente está vinculada à Universidade de São Paulo, como Assessora do Gabinete da Reitoria para a área de museus e coleções. É membro do Conselho Consultivo do ICOM Brasil.
(Foto: Acervo Pessoal)

Beth Ponte

Beth Ponte

Gestora cultural e pesquisadora. Membro do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Organizações Sociais da Cultura (ABRAOSC).
(Foto: Priya Goswam)

Claudia Toni

Claudia Toni

Especialista em políticas públicas para a cultura. Foi diretora executiva da Osesp e Assessora de Música da SECULT/SP. Assessora da Reitoria da USP, é idealizadora e curadora do Festival SESC de Música de Câmara.
(Foto: Bortz Ferreira)

Paulo Zuben

Paulo Zuben

Compositor e gestor cultural. Tem doutorado em Musicologia (2009) pela ECA-USP. É diretor artístico-pedagógico da Santa Marcelina Cultura e presidente da ABRAOSC.
(Foto: Heloisa Bortz)

Data

20/01/2020 a 20/01/2020

Dias e Horários

Segunda, 19h30 às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 20 de dezembro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis

Inscreva-se agora