Atividades

Ferreira Gullar, Mário Pedrosa, Paulo Emílio Sales Gomes e Roberto Schwarz. Quatro janelas para a crítica brasileira do século XX

Perspectivas
Quatro Críticos na Periferia do Capitalismo

Voltar para o início Quatro Críticos na Periferia do Capitalismo

Programa

A crítica é fundamental para compreender o pensamento social brasileiro no século XX, quando interagiu profundamente com as transformações pelas quais o país passou.

As décadas de 1950 a 1970, centrais no processo de modernização capitalista do Brasil, são extremamente fecundas em formulações intelectuais que se espraiam pelos mais variados campos: literatura, ciências sociais, artes plásticas, cinema, teatro, economia, arquitetura etc.

Assim sendo, a proposta do curso é apresentar algumas discussões desse período através da obra dos críticos Mário Pedrosa, Paulo Emílio Sales Gomes, Ferreira Gullar e Roberto Schwarz.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Arte: Letters and comb (1962). Lourdes Castro. Foto: Pedro Ribeiro Simo?es)

Palestrantes

Francisco Alambert

Francisco Alambert

Doutor em História Social pela USP, onde é professor no Departamento de História. Foi conselheiro do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico.
(Foto: Acervo pessoal)

 

Lorenzo Tozzi Evola

Lorenzo Tozzi Evola

Mestrando em História Social pela Universidade de São Paulo, pesquisa o período do golpe civil-militar de 1964 nos campos das artes e da cultura, com foco na publicação do livro Cultura posta em questão, de Ferreira Gullar.
(Foto: Acervo Pessoal)

Tiago Ferro

Tiago Ferro

Editor e escritor, é um dos idealizadores da revista de ensaios Peixe-elétrico. Colabora regularmente com textos sobre cultura para veículos como revista piauí, Cult, 451, Blog do IMS e Suplemento Pernambuco. Atualmente pesquisa a obra do crítico literário Roberto Schwarz no programa de doutorado do departamento de história da USP.
(Foto: Renato Parada)

Victor Vigneron

Victor Vigneron

Mestre em História Social pela Universidade de São Paulo, atua como professor na rede de ensino fundamental. Atualmente desenvolve seu doutorado em História Social pela mesma universidade, com pesquisa sobre a obra do crítico de cinema Paulo Emílio Sales Gomes.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

29/01/2020 a 19/02/2020

Dias e Horários

Quartas, 19h às 21h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 20 de dezembro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira

Inscreva-se agora