Atividades

Conexões de dois campos na arte educação: o feminista e o indígena

Contextos
Resistências na arte educação contemporânea

Voltar para o início Resistências na arte educação contemporânea

Programa

Esta mesa de debate cruza dois campos importantes das discussões de arte educação no Sul Global, o indígena e o feminista.

O primeiro é composto pela reflexão das produções artísticas feministas que visam uma sociedade mais horizontalizada, compartilhada, com menos guerra e dicotomias a partir de abordagem das produções das artistas Ana Mendieta, Lygia Clark, Rosana Paulino, Christiana Machado, entre outras, que trazem em seus trabalhos o enfrentamento aos preconceitos e deslocamentos interseccionais engendrados por ambientes machistas.

Já o segundo propõe pensar a arte indígena contemporânea enquanto uma produção que se opõe a visão inventada e determinante da arte moderna, pautada na ideia de cartesianismo dialético, ao estabelecer espaços consensuais de existência mútua e fecunda que conectam aspectos do antepassados enquanto se laçam como força de  resistências para o futuro a partir de reinvidicações, ressignificações e revalorações de referenciais simbólicos.

A atividade será realizada em Português e Espanhol, sem tradução simultânea.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Phil Roeder)

Palestrantes

Maria das Vitórias Negreiros do Amaral

Maria das Vitórias Negreiros do Amaral

Professora do Curso de Artes Visuais na UFPE e Coordenadora da Pós-Graduação em Artes Visuais UFPE/UFPB. Pós-doutora em arte-educação e feminismo pelo instituto de Investigaciones Feminista de la Universidad Complutense de Madrid,  doutora pela USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Rocio Polania Farfán

Rocio Polania Farfán

Professora do programa de licenciatura em educação artística da Faculdade de educação de la Universidad Surcolombiana, Colombia. Doutora em estudos sociais da Universidad Externado da Colombia, mestra em educação, arte e animação sociocultural pelo Instituto Pedagógico Latinoamericano de Habava, Cuba.
(Foto: Hader Rivera)

Data

26/04/2019 a 26/04/2019

Dias e Horários

Sexta, 10h às 12h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de Março, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira

Inscreva-se agora