Atividades

uma nova voz da literatura

Cursos On-Line
Revelações do Romance Proletário

Voltar para o início Revelações do Romance Proletário

Programa

O romance proletário é um rótulo que vem sendo usado para designar uma proposta ideologicamente comprometida. Mas, muito além disso, trata-se de uma expressão transformadora, marcada pela ousadia de revelar cenários, personagens e linguagens que até então eram ignorados pela indústria editorial.
O curso se organiza em cinco etapas:

1- Antecedentes (1920-1930). Definição do que é o romance proletário, explorando as possíveis raízes desta expressão, particularmente algumas obras de literatura russa (como O Cimento, de Fyodor Gladkov, de e Manhattan Transfer, de John dos Passos). As relações com o modernismo europeu, suas divergências e coincidências. 
2- Uma abordagem panorâmica da geopolítica do final dos anos 1920 e 1930, aspectos sociais e políticos que determinaram a evolução da cultura, as ideologias do entreguerras e a indústria editorial.   
3- Aspectos específicos da literatura brasileira identificada com o romance proletário. A voz do "norte", representada pelos autores nordestinos, as transformações literárias propostas por essas manifestações. E a polêmica entre a literatura intencional e social versus a literatura intimista e psicológica.  
4- O aprofundamento na atividade literária de Jorge Amado que surgia, no começo de 1930, como protagonista da voz nordestina e que sustentou os fundamentos de um romance anti-burguês, engajado e proletário.  Apresentação e discussão de textos publicados em revistas literárias por ele na época e também de outros autores sobre suas propostas e obras.   
5- Expansão da abordagem para além das fronteiras brasileiras estabelecendo conexões com obras e autores desta época considerados como pertencentes à "geração romance proletários": Steinbeck, Michael Gold. Upton Sinclair



Obs: O participante precisa ter celular e computador e conhecer os princípios básicos para uso desses equipamentos. Após a conclusão da sua inscrição on-line na atividade e/ ou curso, você receberá por e-mail um link de acesso à Plataforma Microsoft Teams, onde será realizada a atividade e/ou curso, com até 1 (um) dia de antecedência da data de início. O acesso também poderá ser realizado através do web navegador de sua preferência.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, solicite pelo e-mail centrodepesquisa.cpf@sescsp.org.br, após a conclusão e efetivação do pagamento da sua inscrição, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.

Os encontros em ambiente on-line não são gravados, não sendo disponibilizados seus registros para posterior visualização.

As inscrições podem ser feitas a partir das 14h do dia 26/8, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

O pagamento dever ser feito através do cartão de crédito, e trabalhamos com as bandeiras Visa, Mastercard, Elo e Hipercard.

*Este curso será 100% Online. A declaração será enviada automaticamente em até 10 dias após a finalização da atividade e caso isso não ocorra, você poderá solicitar pelo e-mail: declaracao.cpf@sescsp.org.br

(Arte: Walter Cruz)


Palestrantes

Roberto Amado

Roberto Amado

jornalista, escritor de romances e reportagens, foi finalista do Prêmio Jabuti e autor convidado do International Wrinting Program da Fulbright.  É doutorando em literatura na FFLCH/USP

Bibliografia

ALMEIDA, José Maurício Gomes de. A Tradição Regionalista no Romance Brasileiro 1875-1945. Rio de Janeiro: Topbooks, 1999. 
______. País do Carnaval, Cacau, Suor. São Paulo: Martins, 1974. 
______. Navegação de Cabotagem. Rio de Janeiro: Record, 1992. 
AGUIAR, Joselia. Jorge Amado: Uma Biografia. São Paulo: Todavia, 2018 
BUENO, Luís. Os Três Tempos do Romance de 30. Teresa, São Paulo, n. 3, pp. 254-283, dez. 2002. 
BUENO, Luís. Uma História do romance de 30. São Paulo: Edusp, 2015. 
CANDIDO, Antonio. Brigada ligeira. São Paulo: Martins, 1961. 
______. Literatura e Sociedade. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1965. 
______. Educação pela Noite e Outros Ensaios. São Paulo: Ática, 1989. 
CANO, Wilson. Da Década de 1920 a 1930: Transição à Crise e à Industrialização no Brasil. Revista de Políticas Públicas, v. 16, n. 1, p. 79-90, jan./jun. 2012.  
FREYRE, Gilberto. Sociologia e Literatura. Lanterna Verde. Rio de Janeiro, n. 4, p. 15-18, nov. 1936. 
______. A Visão Poética do romance. Correio da Manhã. Rio de Janeiro, ed. 13819, p. 2, nov. 1939.  
GALVÃO, Patrícia (como Mara Lobo). Parque Industrial. São Paulo: José Olympio, 2006. 
GOLD, Michael. Judeus sem Dinheiro. Rio de Janeiro: Record, s.d. 
HALLEWELL, Laurence. O Livro no Brasil. São Paulo: T.A Queiroz, 1985. 
LAFETÁ, João Luiz. 1930: A Crítica e o Modernismo. São Paulo: Editora 34; Duas Cidades, 2000. 
OLIVEIRA, José Osório de. História Breve da Literatura Brasileira. Lisboa: Editorial Inquérito, 1939. 
POLICINSKA, Marta. La literatura al servicio del estado: algunas consideraciones sobre la utilización propagandística de la literatura en la unión soviética de los años 20 y 30. Comunicación, Sevilla, Espanha, n. 6, p. 118-129, 2008. 
PONGETTl, Henrique. A Culpa de Michael Gold. Boletim de Ariel. Rio de Janeiro, p. 13,1934. 
RAILLARD, Alice. Conversando com Jorge Amado. Rio de Janeiro: Editora Record, 1992. 
RAMOS, Graciliano. Linhas Tortas. Rio de Janeiro: Editora Record, 1980. 
______. Memórias do Cárcere. 4 vols. Rio de Janeiro: José Olympio, vol. 3, 1953.

Data

09/09/2021 a 30/09/2021

Dias e Horários

quintas, das 19h às 21h

Inscrições a partir das 14h do dia 26/8, até o dia 7/9.
Enquanto houver vagas.

Local

Plataforma Teams

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira