Atividades

Uma reflexão sobre o potencial pedagógico do uso do cinema

Conferências e Seminários
Seminário Cinema e Educação

Voltar para o início Seminário Cinema e Educação

Programa

O Seminário de Cinema e Educação, organizado pela Ecofalante e o SESC-SP, propõe uma reflexão sobre o potencial pedagógico do uso do cinema pelos professores na escola. A utilização desta ferramenta em ambiente escolar será pensada de forma abrangente, abarcando tanto o mostrar quanto o fazer cinematográficos.

Abordaremos a importância do papel do professor enquanto mediador e a pertinência da inclusão de formações específicas em cinema e educação para educadores nas políticas públicas para educação básica. Também discutiremos por que, num mundo que se acostumou à rapidez na troca de informações e à superexposição das imagens, a experiência estética do cinema ainda faz sentido, assim como a reflexão em torno dos filmes.

Dia - 3/6
09h45-Abertura
Com Chico Guariba (Ecofalante)

10h - Masterclass: O que o cinema ainda tem a ensinar às novas gerações
O cinema traz para as novas gerações dois tipos de importantes conteúdos formadores. O primeiro diz respeito à história da linguagem audiovisual que se constituiu através dele, antes de se expandir para novos suportes técnicos; uma história que tem enorme impacto na capacidade de compreensão desta linguagem e suas variantes conforme as diferentes mídias de hoje em seus distintos gêneros de produção, um preparo que contribui para o espírito crítico do espectador e para a criatividade do realizador em quaisquer destas mídias. O segundo diz respeito ao enriquecimento da sensibilidade e da compreensão da história em seus múltiplos aspectos e, em particular, da arte moderna e contemporânea, dado o enorme acervo de informações e experiências estéticas e acústicas acumuladas por mais de um século, seja nos documentários, seja na ficção.
Com Ismail Xavier.

12h -Almoço

13h30- Mesa 1: Formação de professores: principais desafios e necessidades
É realmente necessário que o professor conheça a linguagem cinematográfica com profundidade? Que tipo de lacunas uma formação específica voltada para o uso do cinema e do audiovisual em sala de aula deve suprir? Quando e como este tipo de formação pode vir a dar bons resultados?  Como ela pode se tornar uma política pública?
Com Wenceslao Machado de Oliveira, Sandra Oliveira, Gustavo Jardim e Marta de Almeida Oliveira.

15h45- Mesa 2: Que tipo de abordagem para o cinema e com que objetivos?
Como e por que mostrar um filme em sala de aula? De que maneira esse objeto pode ser abordado: como conduzir o olhar do aluno? Mostrar um filme para ilustrar um tema: qual a melhor forma? Conhecer a linguagem do cinema é um pré-requisito para que o professor possa trabalhar um filme em sala de aula?
Com Fernanda Omelczuk Walter, Cíntya Regina Ribeiro e Alan Victor Pimenta de Almeida Pales Costa.

Dia 4/6
10h - Palestra: O que pode o cinema na escola? Experiências, cortes, montagens, espacialidades e encontros.
Nas duas últimas décadas cinema e educação têm ocupado espaços em que convergem muitas experiências e reflexões. No corpo dessas discussões, uma tem emergido e apresentado um cenário muito potente: a que se situa nas conexões, nas fronteiras entre o cinema e a escola. Neste cenário, várias possibilidades estão emergindo, uma multiplicidade de propostas se apresentam e uma pergunta ganha força: O que pode o cinema na escola? Ensaiar outras perguntas acerca desse questionamento nos leva a pensar sobre experiências e encontros na pesquisa e na produção de imagens desenvolvidas por crianças e professoras dentro do espaço escolar.
Com César Leite.

12h00-Almoço

13h30 - Mesa 3: A importância da formação de um repertório cinematográfico: como a escola e o professor podem contribuir?
Por que é importante que as crianças vejam filmes e que tipo de filmes a escola deve mostrar? Quem deve escolher os filmes? Como mostrar às crianças obras cinematográficas muito diversas daquelas a que estão acostumadas? Quais filmes para que faixas etárias? Qual é a importância da formação de um repertório cinematográfico?
Com Pedro Freitas, Eliana da Silva Souza e Jane Pinheiro.

15h45 - Mesa 4: Produção de filmes na escola: fazer e mostrar
Qual o potencial do fazer cinematográfico para as crianças? Que tipo de aprendizado elas podem tirar desse tipo de experiência? Para o professor, quais são os principais desafios ao propor esse tipo de atividade? Como e onde mostrar os filmes produzidos pelos alunos?
Com Cláudia Semene do Canto, Isaac Pipano e Maíra Norton.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Skitter Photo / Pixabay)

Palestrantes

Alan Victor Pimenta de Almeida Pales Costa

Alan Victor Pimenta de Almeida Pales Costa

Doutor na área de "Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte" pela Faculdade de Educação da Unicamp. É professor no Departamento de Educação da UFSCar.
(Foto: Acervo Pessoal)

César Leite

César Leite

Professor livre-docente da UNESP. Tem doutorado em Educação pela Unicamp. Coordenador da pesquisa “Cinema e Educação: produção imagética de crianças e professores na Educação infantil - experiências de formação”.
(Acervo Pessoal)

Chico Guariba

Chico Guariba

(Ecofalante).

Cíntya Regina Ribeiro

Cíntya Regina Ribeiro

Docente pesquisadora da Faculdade de Educação da USP. Doutora e Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da USP. Integra o grupo de pesquisa - CoPERP/ CNPq - Coletivo de Pesquisadores sobre Educação e Relações de Poder.
(Foto: Acervo Pessoal)

Cláudia Semene do Canto

Cláudia Semene do Canto

Doutoranda em Educação pela Unesp de Rio Claro. Atuou como professora da Oficina Introdutória de Cinema junto ao projeto de "Difusão Cinematográfica", apoiado pela Prefeitura Municipal de Rio Claro.
(Foto: Acervo Pessoal)

Gustavo Jardim

Gustavo Jardim

Doutor em Educação pela UFMG. Arte educador. Fundador do DuRolo, grupo de pesquisa transdisciplinar com sede em Belo Horizonte. Portfolio disponível aqui.
(Foto: Acervo Pessoal)

Isaac Pipano

Isaac Pipano

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFF. Coordenador pedagógico e idealizador do projeto "Inventar com a Diferença - Cinema, Educação e Direitos Humanos" (2016).
(Foto: Acervo Pessoal)

Ismail Xavier

Ismail Xavier

Doutor em Letras pela USP e em Cinema Studies pela New York University. Professor emérito da ECA/USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Jane Pinheiro

Jane Pinheiro

Professora do Colégio de Aplicação da UFPE. Doutora pela PUC-SP. Coordena o Festival do Filme Etnográfico do Recife. Em parceria com cineclube fora do circuito do Colégio de Aplicação da UFPE, realizam exibições mensais, abertas para escolas.
(Foto: Acervo Pessoal)

Maíra Norton

Maíra Norton

Doutoranda em Educação pela UFRJ. É autora do livro "Cinema oficina - Técnica e criatividade no ensino do audiovisual" (Eduff, 2013).
(Foto: Acervo Pessoal)

Wenceslao Machado de Oliveira

Wenceslao Machado de Oliveira

Professor da Faculdade de Educação da Unicamp. Organizou o livro "Intervalo entre Cinema e a Geografia".
(Foto: Acervo Pessoal)

Sandra Oliveira

Sandra Oliveira

Doutora em Educação, especialista em gestão, pedagoga. Docente na UERGS, UNISINOS e UNIAMÉRICA/Foz do Iguaçu-PR.
(Foto: Acervo Pessoal)

Marta de Almeida Oliveira

Marta de Almeida Oliveira

Formada em Pedagogia e Psicopedagogia pela PUC de Campinas. Tem 32 anos de carreira, sendo 15 como professora da Educação Infantil e 17 enquanto orientadora pedagógica da Rede Municipal de Ensino de Campinas.
(Foto: Acervo Pessoal)

 Fernanda Omelczuk Walter

Fernanda Omelczuk Walter

Professora da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ). Membra do Grupo de Pesquisa em Educação, Filosofia e Imagem – GEFI, onde coordena Projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão na interface do cinema com a Educação em escolas, hospitais, dentre outros.
(Foto: Acervo Pessoal)

Pedro Freitas

Pedro Freitas

Mestre em Educação pela UNIRIO. Formado em Pedagogia e em Direção de Cinema. Foi professor e coordenador de projetos educacionais. Atuou como formador de professores para a Fundação Roberto Marinho. Há nove anos é midiaeducador no Colégio Santo Inácio (Rio de Janeiro).
(Foto: Acervo Pessoal)

Eliana da Silva Souza

Eliana da Silva Souza

Pedagoga, mestre e doutora em Educação pela UNICAMP. Tem experiência como docente do Ensino Fundamental e em formação de professores. Desde 2004, atua como coordenadora pedagógica na Secretaria Municipal de Educação de Campinas.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

03/06/2019 a 04/06/2019

Dias e Horários

Segunda e Terça, 10h às 18h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 28 de Maio, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira

Inscreva-se agora