Atividades

Metodologia de criação do Slam do Corpo, batalha de poesias em português e LIBRAS.

Slam do Corpo: Novo jeito de falar, novo jeito de ouvir

Voltar para o início Slam do Corpo: Novo jeito de falar, novo jeito de ouvir

Programa

O Slam é uma batalha de poesias, um jogo, uma celebração. Slam do Corpo é o primeiro Slam de surdos e ouvintes do Brasil. Duplas de poetas (um surdo e um ouvinte) se apresentam ao mesmo tempo em português e Língua Brasileira de Sinais, criando um encontro potente entre as línguas. O projeto reúne a experiência de coletivos que tem aprofundado pensamentos e práticas sobre performance, depoimento e cidade: Corposinalizante, ZAP!SLAM e Sarau do Burro.


O coletivo Corposinalizante realiza um minicurso composto por conversas, aulas, performances, workshops e um slam como encerramento.


23/11 - Corpos dissidentes


Rodrigo Rosso apresentará a história político-cultural dos surdos a partir de um panorama internacional e brasileiro, chegando até os dias de hoje, quando a ideia de inclusão para a educação e o implante coclear para a saúde se apresentam como políticas públicas que em muitas medidas desconsideram a comunidade surda, sua língua, cultura e forma de existir. Peter Pal Pelbart fará uma apresentação sobre o massacre de corpos e existências dissidentes, seus fundamentos e movimentos.


Com Rodrigo Rosso, Peter Pal Pelbart. Mediação de Joana Zatz Mussi.


24/11 - Corpos surdos, performance, poesia e cidade


A equipe do Slam do Corpo através de provocações de 20 minutos, apresentará questões teóricas e práticas de seus percursos de trabalho, explicitando como estas se encontram com o primeiro Slam de surdos e ouvintes do Brasil. Assim, o Slam do Corpo será apresentado a partir de seus princípios, desafios, metodologias e sentidos. Esta conversa com o público será uma oportunidade de aprofundar questões e conteúdos apresentados.


Com Cibele Lucena e Joana Zatz Mussi, Leonardo Castilho, Amarilis Reto, Roberta Estrela D’Alva. 


25/11 - O que pode um corpo?
Nesta aula, através de exercícios performáticos e literários, Luaa Gabanini e Claudia Schapira convidarão o público para experimentar a palavra como corpo e o corpo como palavra. A aula dará ferramentas para o trabalho que será desenvolvido no dia seguinte.


Com Luaa Gabanini, Claudia Schapira.

26/11 - Tradução, transcriação e língua mestiça


 


Amanda de Lima Oliveira e Catharine Moreira apresentarão performances poéticas que revelam o encontro entre a língua portuguesa e a língua brasileira de sinais, seguidas por Pedro Cesarino, que falará sobre tradução em uma dimensão filosófica.


Com Amanda de Lima Oliveira e Catharine Moreira, Pedro Cesarino. Mediação de Cibele Lucena.


27/11 – Workshop


Neste workshop, a partir de técnicas de corpo, escrita textual e corporal, exercícios de performance e outras atividades, serão formadas duplas de poetas (um surdo e um ouvinte) que criarão poemas para serem performatizados ao mesmo tempo em língua portuguesa e Língua Brasileira de Sinais, criando um encontro potente entre as línguas.


 Com grupo Corposinalizante, Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e Sarau do Burro.


 


 


28/11 - SLAM DO CORPO - Apresentação


Slam do Corpo é o 1o Slam de surdos e ouvintes do Brasil. O evento abre com “corpo aberto”, momento no qual qualquer poeta pode apresentar um poema, e segue com uma batalha de poesias, na qual duplas de poetas (um surdo e um ouvinte ou um ouvinte e um intérprete de Libras) performatizam poemas nas duas línguas ao mesmo tempo. Os jurados são escolhidos na hora, eleitos do próprio público. E os poetas que se apresentam devem seguir as seguintes regras: os poemas devem ser autorais, não podem passar de 3 minutos de duração e nem ter apoio de qualquer objeto de cena.


 


Com grupo Corposinalizante, Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e Sarau do Burro.


Haverá tradução em Libras.


As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do inicio da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Nosso canal no YouTube oferece um pouco mais de nossa programação. Inscreva-se e fique por dentro.

Palestrantes

Leonardo Castilho

Leonardo Castilho

Artista, educador e produtor cultural. Desde 2005 trabalha no setor educativo do MAM-SP onde atua como produtor de Acessibilidade e assistente do Programa Igual Diferente, além de educador do Corposinalizante e do curso de performance.
(Foto: Cibele Lucena)

Roberta Estrela D'Alva

Roberta Estrela D'Alva

Atriz-MC, slammer, pesquisadora, diretora, apresentadora e roteirista. Como precursora do poetry slam no Brasil, é uma das responsáveis pela popularização do concurso de poesia falada nos grandes centros urbanos brasileiros.
(Foto: Acervo pessoal)

Peter Pál Pelbart

Peter Pál Pelbart

Professor titular de Filosofia na PUC-SP. Publicou O avesso do niilismo: cartografias do esgotamento e Ensaios do assombro, entre outros. Traduziu várias obras de Gilles Deleuze. É coeditor da n-1 edições e membro da Cia Teatral Ueinzz.
(Foto: Yuri Pollak Pelbart)

Pedro Cesarino

Pedro Cesarino

Doutor em antropologia social pelo Museu Nacional- UFRJ.
(Foto: Acervo Pessoal)

Claudia Schapira

Claudia Schapira

Diretora, dramaturga e membra fundadora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos.
(Foto: Acervo Pessoal)

Luaa Gabanini

Luaa Gabanini

Mestre pela ECA - Escola de Comunicação e Artes da USP, professora de corpo na Escola Superior de Artes Célia Helena e no Teatro Escola Célia Helena. Membro fundadora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos onde pesquisa a performatividade, a dança , e o corpo cênico.
(Foto: Fernando Carvalho)

Amarilis Reto

Amarilis Reto

Intérprete de Libras, contadora de histórias e professora da Escola Rio Branco para crianças surdas.

Cibele Lucena

Cibele Lucena

Artista, professora e pesquisadora. É mestre em Psicologia Clínica/Estudos da Subjetividade pela PUC-SP. Integrante do coletivo de arte Contrafilé e desde 2008, coreógrafa de urgências do grupo Corposinalizante e do Slam do Corpo.
(Foto: Acervo Pessoal)

Rodrigo Rosso

Rodrigo Rosso

Professor surdo da UFSC e coordenador do curso presencial de Letras LIBRAS. 

 

Joana Zatz Mussi

Joana Zatz Mussi

Doutora em arquitetura e urbanismo pela USP.
(Foto: Faetusa)

Data

23/11/2015 a 28/11/2015

Dias e Horários

Segunda a sábado, 15h às 18h.

Local

Valores

R$ 24,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 40,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 80,00 - inteira