Atividades

Ciclo virtual analisa as tranformações no setor artístico

Curso On-Line
TRÂNSITOS: perspectivas de um meio artístico em transformação

Voltar para o início TRÂNSITOS: perspectivas de um meio artístico em transformação

Programa

Em 2022, o Ateliê397 comemora 20 anos de existência.

Tendo em vista que uma das principais pautas do 397 foi estimular a convivência plural e o dissenso, propomos um ciclo para discutir os trânsitos, percursos e deslocamentos na arte e na cultura.

Uma definição de trânsito pode ser dada ao se pensar na ocupação do espaço público por corpos dissidentes, que desafiam as normatizações e propõem uma fricção política e um desentendimento, um impulso para o exercício do pensamento crítico. Trabalhar com a ideia de trânsito cultural cria um lugar de discussão das diferentes experiências de circulação entre zonas geográficas e simbólicas.

Cada debate visa a discutir um dos muitos aspectos que a palavra trânsito carrega. Como as artes podem promover o trânsito de corpos, a mistura de culturas, e como, por outro lado, ela é transformada por isso?

Curadoria coletiva do Ateliê397.

PROGRAMAÇÃO
5/5 – POÉTICAS EM TRÂNSITO
Esta mesa busca discutir os impactos de trânsitos, deslocamentos e trocas culturais nas poéticas, nas práticas artísticas e curatoriais e no formato das instituições.
Com Aristinete Bernardes e Ivo Mesquita.
Mediação: Tania Rivitti.

12/5 – RELIGIOSIDADE E PERFORMATIVIDADE
Neste diálogo, procura-se interrogar as práticas artísticas e culturais no momento em que entram em jogo corpos e condutas que desafiam convenções e lugares comuns.
Com Jacqueline Moraes Teixeira e Virgínia de Medeiros
Mediação: Khadyg Fares.

19/5 – RAÇA E POLÍTICA, PROCESSOS DE SIGNIFICAÇÃO
Nesta conversa, busca-se abordar as formas que delineiam as condições de existência de sujeitos marcados por raça e as que desenham utopias de trânsitos e trocas simbólicas.
Com Clélia Prestes e Moisés Patrício.
Mediação: Caio Bonifácio.

26/5 – PRÁTICAS ARTÍSTICAS NAS FRONTEIRAS DA NORMATIZAÇÃO
Aqui, entram em debate as práticas artísticas e culturais que convocam e mobilizam epistemologias indígenas.
Com Kássia Borges e Eduardo Neves.
Mediação: Bruna Fernanda.

2/6 – LIMITES NA CENA DA ARTE CONTEMPORÂNEA
Coloca-se um diálogo sobre as aberturas e os impeditivos que o atual cenário de crise apresenta à realização de intercâmbios de curadores, artistas e outros agentes entre instituições nacionais e internacionais.
Com João Fernandes e Thais Rivitti.
Mediação: Érica Burini.

Obs: O participante precisa ter celular e computador e conhecer os princípios básicos para uso desses equipamentos. Após a conclusão da sua inscrição on-line na atividade e/ ou curso, você receberá por e-mail um link de acesso à Plataforma Zoom, onde será realizada a atividade e/ou curso, com até 1 (um) dia de antecedência da data de início. O acesso também poderá ser realizado através do web navegador de sua preferência.

Os encontros em ambiente on-line não são gravados, não sendo disponibilizados seus registros para posterior visualização.

As inscrições podem ser feitas a partir das 14h do dia 28/4, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

*Este curso será 100% Online. A declaração será enviada automaticamente em até 10 dias após a finalização da atividade e caso isso não ocorra, você poderá solicitar pelo e-mail: declaracao.cpf@sescsp.org.br

**Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, faça a solicitação pelo e-mail centrodepesquisa.cpf@sescsp.org.br, justamente após a conclusão e efetivação do pagamento de sua inscrição, e com pelo menos 48 horas de antecedência do início da atividade.

Palestrantes

Ateliê397

Ateliê397

Clélia Prestes


Doutora em Psicologia Social pela USP e psicóloga do Instituto AMMA Psique e Negritude. Foi pesquisadora visitante no Departamento de Estudos Africanos e Afro-Diaspóricos da Universidade do Texas em Austin.
(Foto: Acervo Pessoal)

Thais Rivitti

Thais Rivitti

Crítica de arte e curadora. Mestre em Teoria, História e Crítica de Arte pela USP. É uma das gestoras do espaço de arte independente Ateliê397.
(Foto: Acervo Pessoal)

Jacqueline Moraes Teixeira

Jacqueline Moraes Teixeira

Doutora em Antropologia Social pela USP e pesquisadora do CEBRAP. Realiza pesquisas que abordam, principalmente, os processos de construção simbólica do corpo.
(Foto: Acervo Pessoal)

Eduardo Neves

Eduardo Neves

Professor titular do MAE-USP. Foi professor visitante na universidade Harvard, no Museu Nacional de História Natural de Paris e na PUC do Peru.
(Foto: IEAUSP)

Moisés Patrício

Moisés Patrício

Artista, arte educador e candomblecista. Trabalha com fotografia, vídeo, performance, rituais, e instalações em obras que lidam. Desde 2006, realiza ações coletivas com elementos das culturas latinas e afro-brasileiras em espaços culturais.
(Foto: Marcelo Salvador)

Virginia de Medeiros

Virginia de Medeiros

Artista visual. Em sua pesquisa, adapta imagens documentais para usos subjetivos e conceituais, propiciando a revisão dos modos de leitura e representação da realidade e da alteridade.
(Foto: Nicolas Soares)

Aristinete Bernardes

Aristinete Bernardes

Mestre em Filosofia pela Universidade Santos Tomás, na Colômbia, e doutor em Ciências Sociais pelo Departamento de Estudos Latino-Americanos da UnB. Professor de filosofia no Instituto Federal de Goiás.
(Foto: Patricia Machado de Oliveira)

Ivo Mesquita

Ivo Mesquita

Historiador, curador e escritor. Foi curador chefe e diretor artístico da Pinacoteca SP; diretor artístico da 28ª Bienal Internacional de Arte de São Paulo e do MAM-SP; e professor visitante do Center for Curatorial Studies da Bard College, em Nova York.
(Foto: Escola da Cidade)

Kássia Borges

Kássia Borges

Artista plástica e professora de artes Universidade Federal do Amazonas. Doutora com a tese "As mulheres ceramistas do Mocambo: a arte de viver de artefatos ambientais".
(Foto: Acervo Pessoal)

João Fernandes

João Fernandes

Diretor artístico do Instituto Moreira Salles. Foi subdiretor do Museu Reina Sofia. Realizou importantes curadorias de exposições de artistas brasileiros na Europa.
(Foto: Renato Parada)

Caio Bonifácio

Caio Bonifácio

Artista e curador independente. Formado em Artes Visuais pela USP, é editor da Revista Tonel e foi pesquisador da mostra “Estamos Aqui”, realizada pelo Ateliê397 no Sesc Pinheiros.
(Foto: Nabila Mustapha)

Khadyg Fares

Khadyg Fares

Educadora e pesquisadora com foco nos estudos anticoloniais, nas práticas artísticas não hegemônicas e nas teorias da imagem. Mestranda pela UNIFESP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Bruna Fernanda

Bruna Fernanda

Pesquisadora, curadora e educadora. Mestranda em Identidades e Culturas Brasileiras no IEB-USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Érica Burini

Érica Burini

Historiadora da arte e curadora. Mestranda em História da Arte pela Unicamp.
(Foto: Acervo Pessoal)

Tania Rivitti

Tania Rivitti

Educadora e gestora do Ateliê397. Trabalhou em algumas Bienais no setor educativo do MASP e no Centro Universitário Maria Antônia/USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

05/05/2022 a 02/06/2022

Dias e Horários

Quintas, 19h às 21h.

Curso On-line

Inscrições a partir das 14h do dia 28/4, até o dia 3/5.
Enquanto houver vagas.

Local

Plataforma Teams

 

Valores

R$ 21,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 35,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 70,00 - inteira

Inscreva-se agora