Atividades

As criações artísticas e propostas estéticas das vanguardas das artes e letras latino-americanas

Contextos
Vanguardas artísticas na América Latina

Voltar para o início Vanguardas artísticas na América Latina

Programa

No início do século XX, um ímpeto de renovação e atualização de valores, com vistas a instaurar a modernidade de expressão e pensamento na produção artístico-cultural, impulsionou a atividade criativa de artistas e literatos de diferentes países da América Latina.

Ao vivenciarem a efervescência criativa e transgressora das novas ideias e propostas estéticas surgidas na Europa, durante o período dedicado à complementação de formação no velho continente, realizado com recursos próprios ou alguma bolsa de estudos, esses criadores passaram a questionar os valores do cânone artístico imposto e a limitação do campo cultural local. Logo, empenharam-se em redefinir a identidade cultural de seus respectivos países, a partir da recuperação de elementos da cultura autóctone, combinados aos ideais modernos, como mecanismo de elaborar significados próprios frente ao produzido naqueles que eram então considerados os únicos centros emissores de cultura.

Com ludicidade, ironia e malícia, estava estabelecido o jogo de "gaia barbárie" de nossas vanguardas, cujas provocações, apropriações, experimentações criativas e dissolução de barreiras entre as artes ecoam e repercutem ainda hoje na produção contemporânea.

O curso tem por objetivo enfocar a produção das vanguardas artísticas que se desenvolveram em quatro países latino-americanos, a saber; Argentina, Brasil, Uruguai e México, sob uma perspectiva comparatista - que aponte contiguidades e dissonâncias em suas propostas e criações artísticas - e que privilegie o diálogo interartes. Nessa abordagem, compreendemos o Modernismo Brasileiro, bem como alguns episódios precedentes, como a expressão local do que foi o movimento de vanguarda nos demais países latino-americanos.

A partir desse contexto, trataremos das propostas estéticas e da produção de relevantes nomes das artes e letras latino-americanas, como Alejandro Xul Solar, Jorge Luis Borges, Oliverio Girondo, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, Joaquín Torres-García, José Clemente Orozco, Diego Rivera e Frida Kahlo, entre outros.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição. O cadastro é pessoal e intransferível.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Crédito: Xul Solar Panactivista | Foto Mauro Rico - Ministerio de Cultura de la Nación CC 2.0)

Palestrantes

Yara Augusto

Yara Augusto

Doutora em Estudos Literários, foi eleita autora da melhor tese do triênio 2014/2015/2016 pelo Poslit/UFMG. Realizou estágio doutoral na Université Sorbonne Nouvelle - Paris III e no Centre de Recherches Interuniversitaires  sur  les Champs Culturels em Amérique Latine (CRICCAL). É professora do CEFET/MG.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

28/01/2020 a 30/01/2020

Dias e Horários

Terça a Quinta, 14h às 17h.
As inscrições podem ser feitas a partir de 20 de dezembro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 9,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 15,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 30,00 - inteira

Inscreva-se agora