Atividades

Como as crianças se relacionam com as cidades? Quais os potenciais educativos do espaço público e dos diversos equipamentos por ele oferecidos?

Contextos
A criança na cidade e potenciais educativos do espaço público

Voltar para o início A criança na cidade e potenciais educativos do espaço público

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

É nos períodos de férias escolares que, para boa parte das famílias que moram nas grandes metrópoles, dos mais diferentes meios sócio-econômico-culturais, apresenta-se o dilema de que espaços, propostas e atividades podem ser interessantes para as crianças usufruírem do seu tempo livre.

Há importantes estudos que mostram o quanto o tempo livre é fundamental para que as crianças se desenvolvam de forma saudável, vivenciem diversas aprendizagens, se expressem e tenham a possibilidade de viver seu tempo de infância de forma significativa.

Nos últimos anos há interessantes olhares e perspectivas, em alguns países do mundo, para o potencial educativo das cidades e suas possibilidades para as crianças.

O crescente foco na infância e na vida das crianças, nos seus cotidianos e nos espaços e atividades a elas oferecidos, apontam para importantes questões: como as crianças se relacionam com as cidades? Quais os potenciais educativos do espaço público e dos diversos equipamentos por ele oferecidos?

A partir dos olhares da Antropologia e da Educação e, em diálogo com outras áreas de conhecimento que têm olhado para este segmento da sociedade - as crianças - traremos alguns exemplos, reflexões e análises sobre as relações das crianças com o espaço urbano; sobre o potencial educativo, de sociabilidade e possibilidades de manifestação e expressão das linguagens e culturas infantis que os diversos espaços, atividades e equipamentos têm na vida das crianças.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Linh Nguyen)

Palestrantes

Adriana Friedmann

Adriana Friedmann

Doutora em Antropologia pela PUC-SP e mestre em Educação pela UNICAMP. Criadora e coordenadora do Mapa da Infância Brasileira e do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Simbolismo, Infância e Desenvolvimento.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

20/07/2017 a 20/07/2017

Dias e Horários

Quinta, 10h30 às 12h30

As inscrições podem ser feitas a partir de 27 de junho às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis