Atividades

O impacto socioambiental das tecnologias digitais

Contextos
Cidades Inteligentes: um outro meio ambiente

Voltar para o início Cidades Inteligentes: um outro meio ambiente

Programa

No atual contexto de nossa sociedade, a hiperconectividade digital e a onipresença dos dispositivos eletrônicos provocam transformações profundas nas formas de vida na cidade e, no limite, nos induzem a perguntar o que é o ser humano na era da Inteligência Artificial.

Hoje o impacto das mídias eletrônicas reverbera por meio de um vasto parque infraestrutural distribuído pelos ambientes urbanos, pelos oceanos e pelo espaço sideral. Estas instalações conformam uma camada tecnológica que influencia cada vez mais os comportamentos sociais - as formas de sentir, pensar e agir, na cultura, na economia e na política. Antenas de telefonia móvel, redes de cabos submarinos de fibra ótica e um enxame de satélites na estratosfera funcionam de forma integrada e sincronizada, permitindo um fluxo de informações contínuo, ubíquo e instantâneo - fluxo do qual participamos e alimentamos. Hoje somos parte integrante de uma mega-infraestrutura de inteligência distribuída pelo planeta.

No que concerne o meio-ambiente, as cidades são atualmente objeto de grande curiosidade científica e de crescente interesse comercial. Do aprimoramento de suas dinâmicas urbanas internas (mobilidade, consumo, manejo de resíduos sólidos, segurança,entre outros) e de sua relação com o ambiente natural - cursos d'água, áreas verdes, o ar) depende boa parte do sucesso das metas de desenvolvimento sustentável estabelecidas pela ONU em 2015. Qual a relação destas metas com as mídias eletrônicas ? Qual a contribuição dos meios digitais para o aprimoramento das condições de habitabilidade do meio-ambiente?

Neste curso buscaremos construir um conhecimento crítico e holístico do mundo digital para entendermos a extensão da cadeia de equipamentos, sistemas, empresas e geografias que se interpõe entre nossos comportamentos digitais e as maneiras como nos relacionamos com o meio em que vivemos - a cidade de São Paulo. Para isso, abordaremos algumas noções teóricas sobre ambientes de mídia, sobre o desenvolvimento histórico da tecnologia e sobre os impactos da inovação na sociedade.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Ilustração: Lucas Tavares e Gustavo Wierman)

Palestrantes

Lucas Tavares de Menezes Girard

Lucas Tavares de Menezes Girard

Arquiteto-urbanista, mestre em Projeto, Espaço e Cultura na FAUUSP, com especialização em Infraestruturas de Telecomunicação e Conectividade, pesquisador do Centro de Estudos Sociedade e Tecnologia (CEST- POLI-USP). É membro fundador e coordenador do grupo Cenários Urbanos Futuros (Núcleo NaWeb/CNPq - FAUUSP).
(Foto: Laura Sobral)

Data

21/02/2018 a 14/03/2018

Dias e Horários

Quartas, 14h às 17h

As inscrições podem ser feitas a partir de 23 de janeiro às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira