Atividades

Perspectivas interdisciplinares em Direitos Humanos

Perspectivas
Crise e Graves Ameaças aos Direitos Humanos nos 70 anos da Declaração Universal

Voltar para o início Crise e Graves Ameaças aos Direitos Humanos nos 70 anos da Declaração Universal

Programa

A proposta será inicialmente construída a partir das perguntas endereçadas a alguns parágrafos da Declaração Universal: quais e o que são os direitos humanos? O que dizem os artigos da Declaração Universal e como impactam ou influenciam nossas vidas?  Como exercer os direitos humanos e quais as consequências e importância de defendê-los?

Neste momento em que direitos fundamentais são ameaçados no Brasil e em outras partes do mundo, é fundamental o conhecimento sobre o que são os direitos humanos, a partir da Declaração Universal de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU). Serão trabalhados 7 tópicos, distribuídos em 12 aulas:

9 e 11/10.  Direito à educação e à cultura.             
Com José Sergio Fonseca de Carvalho.

16/10. É preciso o uso da violência para assegurar o respeito aos direitos humanos?
Com Paulo Endo.

18/10. Estratégias de educação em direitos humanos.
Com Eduardo Bittar.

23 e 25/10. O direito à memória e à verdade como parte da política e do empoderamento de grupos, etnias e comunidades.
Com Márcio Seligmann-Silva.

30/10 e 1/11. Os direitos humanos como direitos de cidadania, com ênfase no exame das instituições judiciais brasileiras.
Com Andrei Koerner.

6 e 8/11 O sujeito de direitos e o sujeito sem direitos
Com: Paulo Endo.

13 e 22/11.  Os direitos das mulheres como direitos humanos.
Com Wânia Pasinato.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Paulo Endo)

Palestrantes

Andrei Koerner

Andrei Koerner

Professor Associado da Universidade Estadual de Campinas. É pesquisador associado do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (CEDEC) e colaborador do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais.

Eduardo Bittar

Eduardo Bittar

Professor Associado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Foi Secretário-Executivo (2007-2009) e Presidente (2009-2010) da Associação Nacional de Direitos Humanos (ANDHEP). Foi Membro Titular do Conselho da Cátedra UNESCO de Educação para a Paz, Direitos Humanos, Democracia e Tolerância, do IEA - USP (2007-2010).
(Foto: Acervo Pessoal)

José Sergio Fonseca de Carvalho

José Sergio Fonseca de Carvalho

Professor Titular de Filosofia da Educação na USP. É mestre e doutor em Filosofia da Educação pela FE USP. Foi pesquisador convidado da Universidade de Paris VII -Denis Diderot, onde realizou seu pós-doutorado junto ao Centre de Sociologie des Pratiques et des Répresentations Politiques, sob a supervisão do Prof. Dr Étienne Tassin. Desde 2007 desenvolve pesquisas sobre os vínculos entre o pensamento político de Hannah Arendt e a educação no mundo moderno. Tem atuado ainda na área de formação de professores em direitos humanos, com projetos vinculados às redes públicas de ensino básico. É pesquisador do IEA da USP, onde coordena o Grupo de Pesquisas "Direitos Humanos, Democracia, Política e Memória”.
(Foto: Acervo Pessoal)

Márcio Seligmann-Silva

Márcio Seligmann-Silva

Professor titular de Teoria Literária na UNICAMP. Coordenou de 2006 a 2010 o Projeto Temático FAPESP Escritas da Violência. Foi professor visitante em Universidades no Brasil, Argentina, Alemanha e México.
(Foto: Acervo Pessoal)

Paulo Endo

Paulo Endo

Psicanalista, Pesquisador e Professor Associado (Livre-Docente) da Universidade de São Paulo. Coordena o Grupo de Pesquisa Direitos Humanos, Democracia, Política e Memória do Instituto de Estudos Avançados da USP. Foi membro do Conselho Nacional de Combate à Tortura e à Violência Institucional no Brasil e do Grupo Multidisciplinar Independente de Combate à Tortura e à Violência Institucional da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República.
(Foto: Acervo Pessoal)

Wânia Pasinato

Wânia Pasinato

Socióloga. Mestrado e Doutorado em Sociologia (USP). Pós-doutorado (Unicamp). Especialista em pesquisas sobre gênero, violência e políticas públicas de enfrentamento à violência contra as mulheres. Trabalhou com Coordenadora de Acesso à Justiça na ONU Mulheres/Brasil.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

09/10/2018 a 22/11/2018

Dias e Horários

Terças e Quintas, 19h30 às 21h30.
*Exceto nos dias 15/11 e 20/11.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de Setembro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 24,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 40,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 80,00 - inteira