Atividades

Nosso conceito de desenvolvimento evolui e se transforma com o tempo, caminhando em paralelo com aquilo que entendemos por cultura

Gestão Cultural
Cultura e Desenvolvimento

Voltar para o início Cultura e Desenvolvimento

Programa

Se antes bastavam elementos econômicos, como um alto PIB, para considerar o desenvolvimento de tal Estado relevante; assim como entendíamos a Cultura das Belas Artes como modelo cultural mais evoluído; hoje, passamos a considerar tanto um sentido de cultura antropológico que contempla valores, tradições e essência, quanto o desenvolvimento como um fator multidimensional, o qual abraça outros aspectos além do econômico.

Segundo o economista e filósofo Amartya Sen: "o desenvolvimento pode ser visto como um processo de expansão das liberdades reais que as pessoas desfrutam". Nesse sentido, o direito de vivenciar e produzir cultura ganha uma dimensão importante.

Refletiremos como a cultura pode ser um fator de desenvolvimento, a partir dos vários sentidos e fatores que ela pode influenciar em nossa realidade: vivências, convivência, protagonismos, políticas públicas, participação econômica, entre muitos outros.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Aldo Valentim

Aldo Valentim

Gestor e pesquisador em políticas públicas. É professor e coordenador da pós-graduação em gestão cultural do Senac. Doutorando em Políticas Públicas na UFRGS, pesquisador visitante na Universidade de Haifa-Israel
(Foto: Acervo Pessoal)

André Deak

André Deak

Diretor do Liquid Media Lab, produtora de conteúdo digital e inovação para projetos de impacto social. É professor de jornalismo na ESPM. Realizou projetos para o Google, para a Secretaria Nacional de Direitos Humanos (Memórias da Ditadura), para o Ministério da Cultura (200 arquiteturas do Brasil), entre outros.
(Foto: Acervo Pessoal)

Nichollas de Miranda Alem

Nichollas de Miranda Alem

Mestre em direito pela USP. Advogado especialista em Direito do Entretenimento. Fundador e presidente do Instituto de Direito, Economia Criativa e Artes. Consultor da UNESCO em equipamentos culturais. Atuou na construção do Programa de Economia Criativa de São Bernardo do Campo (2014-2015).
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

01/11/2018 a 01/11/2018

Dias e Horários

Quinta, 15h às 17h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 25 de Outubro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira