Atividades

Breve panorama sobre os estudos decoloniais

Estudos pós-des-de-coloniais

Voltar para o início Estudos pós-des-de-coloniais

Programa

O curso visa apresentar discussões e pensamentos críticos de diferentes grupos de pensadores(as), sobretudo latino-americanos(as) e africanos(as), que reclamam a necessidade de se decolonizar epistemologias eurocentradas e seus cânones. Busca-se evidenciar, a partir de um diálogo interdisciplinar entre várias áreas do saber, alternativas epistêmicas e matrizes teóricas que vêm sendo dadas às diferentes formas de opressão e colonialidades. Objetiva-se perceber concepções de mundo e filosofias outras, desafiando racionalidade de sistema-mundo.


ENCONTRO 1 - Trilhando caminhos de abordagens pós/de-coloniais 
·         Recepção/apresentação por parte do CPF-SESC.
·         Panorama de estudos pós-coloniais, estudos culturais, estudos subalternos, opções decoloniais.
·         Poéticas-políticas de povos originários e de afrodiásporas (vídeos) 


ENCONTRO 2 - Stuart Hall e os Estudos Culturais 
·         Nova Esquerda: materialismo histórico a partir de enunciados plurais
·         Identidade, raça e cultura  
·         Feminismos, racismos e lutas culturais
·         Imagens e sons de video-artistas e cineastas contra-hegemônicos a partir da Inglaterra Referências: Hall (2003, 2010); Fanon (1968)


ENCONTRO 3 - Contranarrativas epistêmicas em Áfricas e diásporas: entre artes, militância e academia 
·         Expressões contestatórias a narrativas inferiorizantes desde o século XIX
·         Pelas bordas: performances negras (co)rompendo a cena artística
·         Quando as Antilhas encontram Áfricas: solidariedade racial como ponte
·         Iconografia: pontes de ontem e de hoje. Fragmentos de imagens/vídeos de Amos Tutuola, Frankétienne, Arnold Antonin, Basquiat
·         Referências: Edward Blyden (1887), Anthenor Firmin (1885), Frantz Fanon (1961), Leopold Sénghor (1964)


ENCONTRO 4 - Inquietações ao Sul: “Ecologia de Saberes” e Interculturalidades 
·         Críticas à colonialidade
·         Saberes “locais” em meio a contexto global: o que esses saberes nos dizem?
·         Interculturalidades, pluriversalidade em Américas e Caribe: “Novas” perspectivas  
·         Utilização de iconografias: celebrações festivas das Américas/Caribe
·         Referências: Boaventura Sousa Santos (2010), Walter Mignolo (2004), Catherine Walsh (2008) 


ENCONTRO 5 - Corpo, oralidade e performance como pedagogias: “Lógica do oral, lógica do escrito” 
·         África: colonização, colonialidade e seus embates
·         Memórias incorporadas em face de razão incórporea
·         Escritas e pedagogias performativas 
·         Documentário: Fabricación de móviles y La violacion de mujeres em Congo.
·         Referências: Antonieta Antonacci (2015); Mamousse Diagne (2012); Esiaba Irobi (2012)


ENCONTRO 6 - Questões de gênero: intelectualidade e militância transpondo binarismos 
·         Feminismo negro e feminismo decolonial 
·         Novas masculinidades
·         Identidades transgêneras
·         Práticas insurgentes de artistas LGBTQ desde Afro-Latino-Américas: La Pocha Nostra e Climbing Poetree
·         Referências: Maria Lugones (2014); Raul Ferrera-Balanquet (2015); bell hooks (2004)


ENCONTRO 7: Educação, direito à diferença e modos de vida outros
·         Renovações a partir das “periferias” e “margens”: linguagens artísticas na contramão
·         Comunitarismos confrontando sistema-mundo: ubuntu, buen vivir, crioulização
·         Resistências: práticas festivas e religiosidades
·         Cosmovisões outras em trabalhos audiovisuais de América Latina e Caribe 
·         Referências: Diana Taylor (2013), Vera Candau (2013), Édouard Glissant (2005)


As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Flickr Ministério da Cultura. Licença CC 2.0)

Palestrantes

Bebel Nepomuceno

Bebel Nepomuceno

Doutora e mestre em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). 
(Crédito: Acervo Pessoal)

Liliane Braga

Liliane Braga

Doutora em História e mestra em Psicologia Social pela PUC-SP. Maganza do terreiro Inzo Tumbansi. 
(Crédito: Cinthya Ribeiro)

Data

18/05/2018 a 29/06/2018

Dias e Horários

Sextas, 15h às 18h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 24 de abril às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 24,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 40,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 80,00 - inteira