Atividades

As ideias de Edgar Morin

Conferências e Seminários
Jornadas Edgar Morin

Voltar para o início Jornadas Edgar Morin

Programa

Análise da obra de Edgar Morin e de suas principais contribuições no campo do método, da politica, da humanidade, da era planetária, do pensamento politico, da educação, a partir das bases, fundamentos, horizontes do pensamento complexo, que têm como pressuposto a religação dos saberes e a superação definitiva das oposições entre ciência-filosofia-arte.

As temáticas das mesas-redondas foram estabelecidas a partir do agrupamento metatemático da obra que consta ao final de seus livros, principalmente em seus últimos ensaios L’Aventure de la Méthode e Connaissance, Ignorance, Mystère,  ambos com tradução brasileira prevista para 2019.

Conferências de abertura e encerramento serão voltadas para a análise e interpretação geral das ideias de Edgar Morin e suas consequências para a reconstrução de um mundo equitativo, convivial, pluralista, democrático capaz de instaurar uma Via que supere o mal-estar na contemporaneidade 

25/3
19h30 às 21h30 - Conferência de abertura
Com Edgard de Assis Carvalho.

26/3
10h às 12h - Mesa 1.
A educação do Futuro e o futuro da educação transdisciplinar para a formação da cidadania local e global. Mudanças nos sistemas educacionais, com fundamento na religação dos saberes e nos mistérios  dos conhecimentos como restauradores de uma visão totalizadora da vida.
Com Claudia Fadel e Izabel Petraglia.
Coordenação: Vivian Blaso.

12h às 14h - Mesa 2.
A condição humana como deflagradora de uma politica de civilização para as culturas mundiais. Simultaneamente natural e cultural, racional e imaginal, neste século XXI o homem tem diante de si o desafio de superar o mal-estar reinante na civilização. imposto pela hegemonia da técnica, da indústria, da economia e do Estado.
Com Edmilson Felipe e Juremir Machado da Silva.
Coordenação: Nurimar Falci

Intervalo

15h30 às 17h30- Mesa 3.
A era planetária e a utopia realizável de superar os tempos sombrios e contraditórios da mundialização em prol de um mundo pluralista, equitativo, convivial. A regeneração e refundação do humanismo como alavancas para a consolidação de uma concepção complexa dos sistemas vivos para a ‘Terra-Pátria’ baseada na compreensão, na tolerância, na ética.
Com Tereza Mendonça Estarque e Fagner Torres
Coordenação: Lucia Helena Rangel.

17h30 às 19h30 - Mesa 4.
Ementa:
Para uma politica dos sistemas complexos que problematize os desafios da ética na politica e nas instituições em prol de um mundo convivial e comum. A consolidação de um mundo democrático e multicultural que respeite as diferenças e que perceba e repense o sentido do futuro, sempre inserido em relações de ordem, desordem, interação, organização. 
Com Alex Galeno e Luiz Alberto Machado Fortunato.
Coordenação: Edgard Carvalho


27/3
10h às 12h - Mesa 5.
A hexalogia moriniana como desafio para uma concepção aberta e pluralista dos conhecimentos humanos.  Natureza, vida, humanidade, conhecimento,  identidade, ética são reproblematizados à luz de uma racionalidade aberta e polifônica.
Com Maria da Conceição de Almeida e José Eli da Veiga.
Coordenação: Edgard Carvalho

12h às 13h - Encerramento.
Em prol de um humanismo antropo-bio-cósmico (sistematização do conjunto das contribuições das mesas).
Com Edgard Carvalho.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Arte: Walter Cruz)

Palestrantes

Alex Galeno

Alex Galeno

Doutor em Ciências Sociais pela PUC SP. Professor Associado do Instituto Humanitas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Pós-Doutorado na USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Claudia Fadel

Claudia Fadel

Assessora de Projetos Especiais de Internacionalização da Direção Geral do Departamento Nacional do Sesc. Foi a primeira diretora da Escola Sesc de Ensino Médio. Em 2017, assumiu a Diretoria de Educação do Departamento Nacional do Serviço Social do Comércio - Sesc.
(Foto: Acervo Pessoal)

Edgard de Assis Carvalho

Edgard de Assis Carvalho

Professor titular de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais da PUC SP, coordenador do COMPLEXUS. Correpresentante brasileiro da cátedra itinerante UNESCO Edgar Morin. Professor visitante da Fiocruz, Recife. Vice-presidente do IEC. Autor de vários ensaios e livros sobre antropologia dos sistemas complexos.
(Foto: Acervo Pessoal)

Edmilson Felipe da Silva

Edmilson Felipe da Silva

Doutor em Antropologia, Psicanalista. Professor assistente do Departamento de Antropologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Participa do Núcleo de Estudos da Complexidade. Escritor e poeta, organiza vários eventos literários na cidade.
(Foto: Acervo Pessoal)

Fagner Torres de França

Fagner Torres de França

Jornalista, mestre e doutor em Ciências Sociais pela UFRN. Atualmente participa do PNPD/Capes junto ao Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da UFRN, com pesquisa sobre a Sociologia do Presente de Edgar Morin.
(Foto: Julia Ribeiro de Lima)

Izabel Petraglia

Izabel Petraglia

Doutora em Educação, pela USP, com pós-doutorado pelo Centro Edgar Morin, da EHESS - Paris. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Metodista de São Paulo. Líder do GEPEC - Grupo de Estudos e Pesquisa em Complexidade, cadastrado no diretório de grupos do CNPq.
(Foto: Acervo Pessoal)

José Eli da Veiga

José Eli da Veiga

Professor sênior do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE-USP). Por trinta anos (1983-2012) foi docente do Departamento de Economia da FEA-USP, onde obteve o título de professor titular em 1996. Tem 25 livros publicados, entre os quais: “Para entender o desenvolvimento sustentável” (2015), “A desgovernança mundial da sustentabilidade” (2013), ambos pela Editora 34. Colunista do jornal VALOR Econômico, da revista Página22 e da Radio USP.
(Foto: Arthur Fuji)

Juremir Machado da Silva

Juremir Machado da Silva

Doutor em Sociologia pela Sorbonne, professor titular da PUCRS, jornalista, historiador, radialista e escritor. Traduziu para o Brasil quatro dos seis volumes de “O Método” de Edgar Morin, com quem fez pós-doutorado na França. Tem 35 livros individuais publicados.
(Foto: Acervo Pessoal)

Lucia Helena Rangel

Lucia Helena Rangel

Doutora em Ciências Sociais pela PUCSP. Professora do Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais da PUC SP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Luiz Alberto Machado Fortunato

Luiz Alberto Machado Fortunato

Doutor em História das Ciências, Técnicas e Epistemologia pela UFRJ.  Ex-Diretor de Assuntos Corporativos do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS RJ). Professor aposentado do Departamento de Engenharia Elétrica do CEFET-RJ.
(Foto: Acervo Pessoal)

Maria da Conceição Xavier de Almeida

Maria da Conceição Xavier de Almeida

Doutora em Ciências Sociais (Antropologia) pela PUC/SP. Professora Titular da UFRN. Coordenadora do GRECOM e membro da Cátedra Itinerante UNESCO Edgar Morin para o Pensamento Complexo. Membro da Association Pour La Pensée Complexe–Paris.
(Foto: Angela Almeida)

Nurimar Maria Falci

Nurimar Maria Falci

Mestre em Literaturas Comparadas pela USP. Foi consultora editorial dos diários de Edgar Morin publicados pelas Edições Sesc SP. Coordenadora Logística do CILPEC - I encontro do pensamento complexo sob a direção de Edgar Morin RJ. Responsável pelo conteúdo do site Edgar Morin Sesc São Paulo.
(Foto: Acervo Pessoal)

Tereza Mendonça Estarque

Tereza Mendonça Estarque

Presidente do Instituto de Estudos da Complexidade, psicanalista, membro efetivo do Circulo Psicanalítico do Rio de Janeiro. Doutora em Ciências Sociais pela PUCSP, com pós-doutorado em Filosofia Política pelo IUPERJ.
(Foto: Domingo Estarque)

Vivian Aparecida Blaso Souza Soares César

Vivian Aparecida Blaso Souza Soares César

Doutora em Ciências Sociais, pesquisadora do Núcleo de Estudos da Complexidade - COMPLEXUS na PUC/SP, Professora na FAAP. Idealizadora do “Cidades Afetivas”.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

25/03/2019 a 27/03/2019

Dias e Horários

25/3, segunda, 19h30 às 21h30.
26/3, terça, 10h às 19h30.
27/3, quarta,10h às 13h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 26 de Fevereiro, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 9,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 15,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 30,00 - inteira