Atividades

Produzir conteúdo e criar novos modelos de negócios

Gestão Cultural
Jornalismo cultural na web

Voltar para o início Jornalismo cultural na web

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

No novo cenário, o jornalismo cultural se reinventa e aumenta suas possibilidades, os recursos multimídia disponíveis aproximam notícia e leitor e proporcionam experiências quase reais.
Nunca houve tanto espaço para falar de livros, peças, discos, exposições, movimentos estéticos. Artistas se comunicam diretamente com fãs, opiniões pulverizadas tomam o lugar da crítica tradicional.
Contar boas histórias, escrever bons textos, fazer conexões relevantes e colocar o leitor no centro de tudo, ainda continua sendo o caminho a perseguir.

Como então conciliar excelência editorial, com o gosto pela síntese, pela fragmentação e generalidade que povoam nossos tempos? Como manter o pensamento reflexivo nesse mundo apaixonado por opiniões consensuais e ainda sendo sustentável financeiramente?
Essas são as questões centrais que a Bravo! pretende discutir nestes encontros.

10/04 - Retrospectiva do jornalismo cultural
Dos clássicos cadernos de cultura ao impresso premium. Marcas amadas x um mercado arisco. Formatos consagrados x necessidade de reinvenção. Revista Bravo: a definição do novo formato
Com Helena Bagnoli. 

12/04 - Novo jornalismo e as mídias sociais
Como trabalhar com redes sociais. A presença nas redes sociais – como existir. O desafio de ser lido. O jogo do vídeo para cada plataforma, uma narrativa
Com Guilherme Werneck.

17/04 - Como sobreviver além da publicidade
Projetos on demand. Patrocínio x publicidade. Como ser mais do que apenas mídia. Oportunidades de negócio cultural. Cultura colaborativa. Movimento makers.
Com Paulo Carmossa, Manoel Brasil e Helena Bagnoli.

19/04 - Curadoria: Como fazer uma seleção que empolgue as redes?
O que é relevante? Relevância x alcance. Ferramentas de curadoria online. Curadoria cultural versus curadoria do conhecimento
Com Dante Felgueiras, Pedro Dória e Guilherme Werneck.

24/04 - A leitura em profundidade está em desuso?
O cenário mundial do jornalismo de leitura longa. Reportagem multimídia, casos e prática. Conteúdo não-perecível. Novas abordagens narrativas.
Com Armando Antenore e Guilherme Werneck.

26/04 - O papel da crítica de arte
Por onde começar. Crítica acadêmica x crítica jornalística. Qual a importância? Existe uma boa crítica?
Com Almir Freitas.

03/05 - Jornalismo independente
Do fanzine às plataformas digitais. Tipos diferentes de independência. Financiamento coletivo. Como ser viável financeiramente.
Com Marina Amaral, Alexandre Matias, Bruno Torturra e Helena Bagnoli.

08/05 - Jornalismo cultural na prática
Como escrever um bom texto?
Com Ronaldo Bressane.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Henk Nieman. Detalhe da obra Ttéia1C de Lygia Pape)

Palestrantes

Alexandre Matias

Alexandre Matias

Cobre cultura, comportamento e tecnologia. Sua produção está centralizada no site Trabalho Sujo, que mantém desde 1995. Também atua como curador de festivais, tradutor, DJ e produtor de festas, palestrante e coordena cursos voltados para música. Desde o início de 2017, é curador de música do Centro Cultural São Paulo.
(Foto: Divulgação)

Helena Bagnoli

Helena Bagnoli

Historiadora e jornalista. Trabalhou na TV Cultura, na TVCableVision e no Grupo Abril onde por mais de 16 anos, dirigiu revistas, foi publisher e diretora geral. De 2010 a 2013 foi presidente da MTV Brasil. Atualmente é publisher e diretora editorial da Bravo!
(Foto: Acervo Pessoal)

Guilherme Werneck

Guilherme Werneck

Jornalista, foi diretor de estratégia digital das revistas segmentadas da Abril, passou pela Folha, Estadão, dirigiu a Trip e por dois anos  foi responsável pela área digital da MTV. Atualmente é publisher e diretor editorial da Bravo!
(Foto: Acervo Pessoal)

Paulo Carmossa

Paulo Carmossa

Formado em Publicidade na ESPM e foi profissional de Mídia por 29 anos. Em 2015, abriu a Piraporanó, sua consultoria artesanal de Marketing Publicitário para produtores de conteúdo, veículos de comunicação e marcas.

Manoel Brasil

Manoel Brasil

Bacharel em Audiovisual. Estudou Mídias Digitais na escola sueca Hyper Island. Trabalhou na MTV e fez parte do primeiro time de comunicação do aplicativo Deezer. Atualmente trabalha como desenvolvedor de aplicativos web e consultor de estratégias digitais.
(Foto: Acervo Pessoal)

Dante Felgueiras

Dante Felgueiras

Curador de conhecimento na Inesplorato, onde trabalha desde 2012. Com experiências em arte-educação (MAM-SP) e em pesquisa acadêmica nas áreas de políticas públicas (NUPPs USP) e sociologia da violência (NEV USP), é formado em jornalismo pela Cásper Líbero. Hoje, cuida da comunicação e do acervo do Mappa, plataforma online de desenvolvimento pessoal que emprega a metodologia de curadoria de conhecimento desenvolvida pela Inesplorato.
(Foto: Divulgação)

Pedro Dória

Pedro Dória

Editor do Meio, uma startup que transmite as notícias importantes do dia em 8 minutos. É também colunista de O Globo, O Estado de S. Paulo e da CBN. Foi editor-executivo do Globo e editor-chefe de conteúdos digitais do Estadão, além de colunista da Folha de S. Paulo. Em 2015, recebeu o Prêmio Comunique-se de melhor jornalista brasileiro de Tecnologia. Foi Knight Fellow da Universidade de Stanford. Esteve entre os fundadores dos sites No. e NoMínimo.. É autor de sete livros.
(Foto: Acervo Pessoal)

Armando Antenore

Armando Antenore

Jornalista, pós-graduado em jornalismo literário. Trabalhou na Folha de São Paulo, foi editor-sênior e redator-chefe da revista Bravo!,na Editora Abril. É autor dos livros infantis Júlia e Coió, Rita Distraída e Sorri, Lia!, (Editora SM). Hoje é editor da revista Piauí.
(Foto: Acervo Pessoal)

Almir Freitas

Almir Freitas

Jornalista, com passagens por diversos jornais e revistas do país. Foi editor-chefe e diretor de redação na antiga revista Bravo!, onde escreveu principalmente sobre literatura e cinema. Está de volta à Bravo!, como editor executivo.
(Foto: Divulgação)

Marina Amaral

Marina Amaral

Jornalista. Em 1997, participou da fundação da revista Caros Amigos onde ficou até 2007 como editora e repórter. Conquistou o prêmio Vladimir Herzog. Em 2011, fundou com outras duas jornalistas, a Pública onde é diretora de redação. Em 2016 a agência, independente e sem fins lucrativos, foi o terceiro veículo mais premiado do Brasil.
(Foto: Divulgação)

Bruno Torturra

Bruno Torturra

Trabalhou por 11 anos na Revista Trip. Fez a primeira transmissão ao vivo de uma manifestação de rua na América Latina. Criou a PósTV, uma rede nacional e descentralizada de streaming. No final de 2012 fundou a Mídia NINJA, e no mesmo ano saiu, para se dedicar ao Estúdio Fluxo, um veículo experimental para o desenvolvimento de linguagens, pautas e modelos de negócio para o jornalismo na rede. 
(Foto: Divulgação)

Ronaldo Bressane

Ronaldo Bressane

Escritor, jornalista, editor e professor de escrita criativa. Colabora com a imprensa de todo o país. Publicou, entre outros, Sandiliche (infanto-juvenil, Cosac Naify.
(Foto: Divulgação)

Data

10/04/2017 a 08/05/2017

Dias e Horários

Segundas e Quartas, 19h30 às 21h30
*No dia 01/05 não haverá aula.

As inscrições podem ser feitas a partir de 23 de março às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira