Atividades

As matrizes e os temas primitivos na obra de um excepcional artista de vanguarda são o foco desta discussão.

Mário: primitivismo e vanguarda

Voltar para o início Mário: primitivismo e vanguarda

Programa

Mário de Andrade construiu sua visão da cultura brasileira a partir mescla da arte popular e arte de vanguarda, criando articulações entre dois campos da cultura que mal conversavam – procedimento no qual o romance Macunaíma é exemplar, constituindo uma nova linguagem literária. As matrizes e os temas primitivos na obra de um excepcional artista de vanguarda são o foco desta discussão.

Palestrantes

Alberto Ikeda

Alberto Ikeda

Professor de Etnomusicologia e Culturas Populares na Unesp, onde coordena o grupo de estudos de música étnica e popular do Brasil da América Latina. (Foto: Acervo pessoal)

Abílio Guerra

Abílio Guerra

Editor da Romano Guerra e do Portal Vitruvius, ambos dedicados à arquitetura. É autor do estudo O primitivismo em Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Raul Bopp (Romano Guerra).

Data

03/06/2015 a 03/06/2015

Dias e Horários

Quarta, das 15h às 18h.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285
4º andar do prédio da FecomércioSP
Bela Vista - São Paulo/SP

Valores

R$ 9,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 15,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 30,00 - inteira

Inscreva-se agora