Atividades

a relação entre moda e identidades de gênero

Contextos
Moda e gênero: uma perspectiva histórica

Voltar para o início Moda e gênero: uma perspectiva histórica

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

A proposta é abordar questões relativas à moda e gênero sob uma perspectiva histórica, observando como a ideia corrente de que existem roupas masculinas e femininas é uma construção cultural elaborada e transformada diversas vezes ao longo da história da moda.

Peças de vestuário, cores e materiais hoje considerados femininos ou masculinos, nem sempre tiveram essas significações. A separação entre masculino e feminino foi se constituindo através do vestuário desde a Antiguidade Clássica, até a contemporaneidade.

Pretende-se ainda tratar de como o vestuário foi utilizado por alguns personagens como uma forma de resistência em relação às identidades de gênero, especialmente a partir do século XVIII. E analisar questões como: O que é "moda sem gênero"? Uma estratégia midiática e/ou uma forma da indústria da moda se adequar às novas demandas socioculturais? 

Como e porque as imagens da moda, ao mesmo tempo em que costumam quebrar estereótipos de gênero, muitas vezes propagam imagens sexistas e de violência contra as mulheres?

O curso está dividido em três momentos:

1. As roupas, a moda e a construção da identidade de gênero através da história.
Entwistle, Joanne. El cuerpo y la moda: una visión sociológica. Barcelona: Paidós, 2002.
Lipovetsky, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. 
Souza, Gilda de Mello e. O espírito das roupas: A moda no século XIX. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.
Vigarello, Georges. História da Beleza. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006.
Wilson, Elisabeth. Enfeitada de sonhos. Lisboa: Edições 70, 1985.

2. Fora de moda? Os usos de vestuário como forma de resistência e perfomatividade de gênero.
Butler, Judtih. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.
Crane, Diana. A moda e seu papel social. São Paulo: Senac, 2006.
Le Breton, David. Adeus ao corpo: Antropologia e sociedade. Campinas: Papirus, 2003.
Weber, Caroline. Rainha da moda: Como Maria Antonieta se vestiu para a Revolução Francesa. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

3. Androginia e sem gênero; violência contra as mulheres e sexismo: as imagens da moda em questão. 
Arnold, Rebeca. Fashion, desire and anxiety: morality in the 20th century. I.B. Tauris Publishers. London/New York, 2001. 
Hobsbawm, Eric. A era dos extremos: O Breve Século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
Lipovetsky, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.
McRobbie, Angela. British Fashion Design. Rag Trade or Image Industry? London, New York: Routledge, 1998.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Marshall Astor - Food Fetishist CC BY-SA 2.0)

Palestrantes

Maria Claudia Bonadio

Maria Claudia Bonadio

Professora do Instituto de Artes e Design da UFJF. Doutora em História pela Unicamp.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

27/05/2017 a 27/05/2017

Dias e Horários

Sábado, 10h às 17h

As inscrições podem ser feitas a partir de 25 de abril às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 15,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 - inteira

Inscreva-se agora