Atividades

O curso aborda a dança a partir da perspectiva afro-diaspórica

Contextos
Outros movimentos para a dança brasileira

Voltar para o início Outros movimentos para a dança brasileira

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

Revisar e re-imaginar a presença negra na dança brasileira em uma ação de mediação e condução onde biografias de artistas, espetáculos e propostas pedagógicas serão acionadas para aprofundar a relevância dessas ações enquanto presença em uma história predominantemente eurocêntrica bem como enquanto ações inseridas em um pensamento social contra-hegemônico e que possibilita ao Brasil, enquanto corpo social, se reconhecer desde dentro a partir de epistemologias e formas de atuação no mundo que, embora ignoradas, são a um só tempo substrato e componente contemporâneo para compreendermos dança como área de produção de conhecimento.

O curso conecta histórias, propostas pedagógicas e experiências práticas na tessitura de trajetos pouco referenciados no mainstream contemporâneo. As experiências gestadas nas histórias e fazeres apresentados expõem modos de vida, éticas, poéticas e filosofias que ressoam em domínios expandidos da cultura nas Américas na contemporaneidade e, especificamente no Brasil.

EIXOS TEMÁTICOS

1) Corpo, identidade e diferença
- O corpo negro como Outro na constituição de saberes;
- Identidade e diferença - campos móveis;
- Racialidade constitutiva na formação social brasileira;
- Colonialidade na dança

2) Tradição/Contemporaneidade -reciprocidades e interdependências
- Repertórios afro-brasileiros e as políticas culturais: invisibilidade, patrimonialização, apropriação;
- Dinâmicas da tradição: entre fazeres e motrizes;
- Dinâmicas da contemporaneidade: protagonismos insurgentes

3) Epistemologias em territórios não eurocêntricos:
- Estética diaspórica: tradição, transformação e transbordamento;
- Relação e opacidade;
- Hibridismo versus convivência na diferença;
- As propostas decoloniais e o problema do Universal;
- Encruzilhadas, tempos espiralados e ancestralidade: epistemologias afro-brasileiras.

4) Interrogar o mundo: uma conversa com Carmen luz e Um filme de dança
(Exibição do documentário + roda de debate)

5) Educar para transgredir: pedagogias Atlânticas
- Katherine Dunham;
- Germaine Acogny;
- Inaicyra Falcão

6) Fazeres Negros nas tessituras da diáspora
- Práticas e confluências interamericanas: rotas dançantes entre o Brasil e os EUA.
- Precursores Americanos no diálogo interdiaspórico.
- Diásporas atualizadas: sotaques soteropolitanos nos EUA
- Pontes móveis e insuspeitas : Brasil/ África do Oeste

7) Poética e política: relações práticas e interseccionais
- Contestar e transformar o cotidiano;
- Coreografias sociais ;
- Estratégias da diferença
- Ação Cênica: Encruzilhada (Grupo Fragmento Urbano)

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Romero Oliveira)

Palestrantes

Luciane Ramos-Silva

Luciane Ramos-Silva

Doutoranda em Artes da Cena pela Unicamp, graduada em Ciências Sociais pela USP e mestra em antropologia social pela Unicamp. É membro do Grupo Interinstitucional Corpo e Ancestralidade e do Conselho Editorial da Revista OMenelick2Ato.
É Gestora de projetos no Acervo África.
(Foto: Delphine Madi)

Fernando Ferraz

Fernando Ferraz

Doutor em Artes e Mestre em Artes Cênicas pela Unesp, Bacharel Licenciado em História pela FFLCH-USP-SP. Professor da Escola de Dança da UFBA.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

11/09/2017 a 26/09/2017

Dias e Horários

Segundas, Terças e Quartas, 15h às 18h

*No dia 20/9 não haverá aula.

As inscrições podem ser feitas a partir de 25 de agosto às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 24,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 40,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 80,00 - inteira