Atividades

Como o universo feminino da autora se relaciona com as principais questões tratadas pela modernidade literária? Como decifrar a esfinge Clarice Lispector?

Contextos
Por que ler A paixão segundo G.H., de Clarice Lispector?

Voltar para o início Por que ler A paixão segundo G.H., de Clarice Lispector?

Programa

A autora de “A paixão segundo G.H.” e outras obras-primas é dona de uma das duas prosas mais perturbadoras da literatura brasileira (a outra pertence a João Guimarães Rosa) e certamente advém dessa condição a classificação de sua obra como enigmática, misteriosa e hermética - o que levou curiosamente boa parte de seus não-leitores a, desde cedo, tratarem-na como mito.

A literatura de Clarice move-se por diferentes regiões de escritura, sobretudo a ficção, o ensaio e o poema, e embaralha a concepção clássica de gênero, enredo e personagens.

Diferentemente de boa parte dos companheiros de sua geração, ela não se interessou pela abordagem sociológica ou psicológica do real, preferindo investigar a dimensão metafísica da vida - daí a grande obsessão da autora em querer investigar a condição animal do homem e a condição humana do animal, por exemplo.

Diante de um mundo em que a dor e a angústia estão cada vez mais dissimuladas por um linguajar de tipo mecânico, hipnótico, infantil, a escritura da autora convida o leitor ao confronto com sua condição, com a insensatez da realidade, com o medo, inclusive, da expressão que pode abrir demais e devassar o cofre das palavras, como ela mesma, por meio de seu humor tão peculiar, muito bem tentou alertar: "Mas tenho medo: escrever muito e sempre pode corromper a palavra. Seria para ela mais protetor vender ou fabricar sapatos: a palavra ficaria intacta. Pena que não sei fazer sapatos".

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Csabi Elter - Unsplash)

Palestrantes

Welington Andrade

Welington Andrade

Doutor em Literatura Brasileira pela USP, professor da Faculdade Cásper Líbero, editor da revista Cult.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

15/12/2017 a 15/12/2017

Dias e Horários

Sexta, 10h00 às 13h00

As inscrições podem ser feitas a partir de 28 de novembro às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira

Inscreva-se agora