Atividades

Por que ainda somos uma civilização de "vidas secas"?

Contextos
Por que ler São Bernardo, de Graciliano Ramos?

Voltar para o início Por que ler São Bernardo, de Graciliano Ramos?

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

Quais são as matrizes da violência social brasileira? Como os modos de subjetividade podem lidar com uma sociedade tirânica e opressora?

Os romances de Graciliano Ramos são a mais pura expressão da opressão e da dor, projetada, para evitar qualquer traço de mera dramaticidade, no movimento de uma ruptura estilística e formal.

A crítica concebe o realismo do autor como sendo de característica crítica, por meio do qual o herói se apresenta sempre como um problema, por não aceitar o mundo, nem os outros, tampouco a si mesmo. 
"Creio que nem sempre fui egoísta e brutal.

A profissão é que me deu qualidades tão ruins. E a desconfiança que me aponta inimigos em toda parte! A desconfiança é também consequência da profissão", afirma Paulo Honório, o protagonista de São Bernardo, romance cujo foco narrativo em primeira pessoa mostra o nível de consciência de um homem que, ainda que já esteja em condições de colher os frutos de sua trajetória pessoal absolutamente bem-sucedida, não consegue se desvencilhar de toda a agressividade que adquiriu na convivência com um sistema tirânico e opressor.

O próprio ato de narrar está, então, atado no romance a uma frustração de base, que desregula em desfaçatez e violência.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Foto: Capa do Livro São Bernardo, de Graciliano Ramos)

Palestrantes

Welington Andrade

Welington Andrade

Doutor em Literatura Brasileira pela USP, professor da Faculdade Cásper Líbero, editor da revista Cult.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

06/10/2017 a 06/10/2017

Dias e Horários

Sexta, 10h às 13h

As inscrições podem ser feitas a partir de 27 de setembro às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira