Atividades

Por que ainda somos uma civilização de "vidas secas"?

Contextos
Por que ler São Bernardo, de Graciliano Ramos?

Voltar para o início Por que ler São Bernardo, de Graciliano Ramos?

Programa

Quais são as matrizes da violência social brasileira? Como os modos de subjetividade podem lidar com uma sociedade tirânica e opressora?

Os romances de Graciliano Ramos são a mais pura expressão da opressão e da dor, projetada, para evitar qualquer traço de mera dramaticidade, no movimento de uma ruptura estilística e formal.

A crítica concebe o realismo do autor como sendo de característica crítica, por meio do qual o herói se apresenta sempre como um problema, por não aceitar o mundo, nem os outros, tampouco a si mesmo. 
"Creio que nem sempre fui egoísta e brutal.

A profissão é que me deu qualidades tão ruins. E a desconfiança que me aponta inimigos em toda parte! A desconfiança é também consequência da profissão", afirma Paulo Honório, o protagonista de São Bernardo, romance cujo foco narrativo em primeira pessoa mostra o nível de consciência de um homem que, ainda que já esteja em condições de colher os frutos de sua trajetória pessoal absolutamente bem-sucedida, não consegue se desvencilhar de toda a agressividade que adquiriu na convivência com um sistema tirânico e opressor.

O próprio ato de narrar está, então, atado no romance a uma frustração de base, que desregula em desfaçatez e violência.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Capa do Livro São Bernardo, de Graciliano Ramos)

Palestrantes

Welington Andrade

Welington Andrade

Doutor em Literatura Brasileira pela USP, professor da Faculdade Cásper Líbero, editor da revista Cult.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

06/10/2017 a 06/10/2017

Dias e Horários

Sexta, 10h às 13h

As inscrições podem ser feitas a partir de 27 de setembro às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 4,50 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 7,50 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 15,00 - inteira

Inscreva-se agora