Atividades

Os intelectuais e a obra de arte: pensamento e crítica

Perspectivas
Por uma história da arte: crítica, estética e política

Voltar para o início Por uma história da arte: crítica, estética e política

Programa

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

Ciclo dedicado à análise da trajetória intelectual, conceitos e obras fundamentais de diferentes pensadores que se debruçaram sobre o universo da obra de arte que tem por objetivo proporcionar a reflexão e debate sobre as distintas formulações teóricas e analíticas produzidas sobre o campo da história da arte.

10/05 - Walter Benjamin e a crítica da modernidade
A palestra aborda o pensamento do filósofo alemão Walter Benjamin a partir de suas ideias sobre a modernidade, a fim de explicitar como crítica de arte e crítica da modernidade no seu caso são inseparáveis.
Com Taisa Palhares.

17/05 - Desdobramentos da antropologia das imagens
A conferência realizada por Hans Belting em 1983 sobre o "fim da história da arte" propõe a polêmica tese de que a disciplina não trata de um objeto real, mas de uma narrativa construída a partir do século XVIII, que atinge o clímax na pretensão de universalidade do modernismo do século XX. Qual seria então o objeto por trás daquilo que chamamos de "arte"? Estas questões tornam-se centrais para o campo das artes e exigem explicações antropológicas buscadas por Belting que serão objetos de reflexão neste encontro.
Com José Bento Ferreira.

24/05 - Rosalind Krauss: o redimensionamento da linguagem na arte contemporânea
A palestra se concentrará sobre dois giros teóricos fundamentais de Rosalind Krauss para o debate da arte contemporânea, abordando a noção de índice, que a autora vai construindo ao observar o uso da fotografia na arte desde o começo do século XX, e trazendo à tona a profunda crítica feita por Krauss à predominância da noção de "meio" como paradigma central para se pensar a arte moderna.
Com Carlos Eduardo Riccioppo.

31/05 - Aproximações entre arte e arquitetura moderna na obra de Giulio Carlo Argan
Para além da abordagem sempre objetiva acerca de diversos aspectos da arte ocidental, Argan é um dos poucos autores que souberam apontar para a relação indissociável entre arte e arquitetura moderna, como elementos integrantes de uma espacialidade extensível, porém disciplinada pelo sentido ordenador do projeto.
Com Rodrigo Queiroz.

07/06 - Panofsky: erudição na busca do significado
Principal formulador do método iconológico, Erwin Panofsky é um dos autores mais discutidos pela historiografia da arte.Um de seus trabalhos de maior destaque foi "A perspectiva como forma simbólica". Esta obra e "O significado nas artes visuais", serão os objetos principais deste encontro.
Com Valeria Piccoli.

14/06 - Jacques Rancière: relações entre a política e a estética
Partindo da trajetória intelectual do filósofo Jacques Rancière, o encontro busca compreender as articulações entre estética e política desenvolvidas dentro de seu pensamento. 
Com Thais Rivitti.

21/06 - O poder de Pigmalião: porque Arte e Ilusão, de Ernst Gombrich, é um livro fundamental
Ernst Gombrich é um dos mais populares historiadores da arte no Brasil. Seu manual A História da Arte é o único livro de história geral da arte publicado no Brasil a contar com uma edição de bolso. Um dos seus livros fundamentais, Arte e Ilusão, teve impacto para os desdobramentos da história da arte como uma ciência da imagem. No atual contexto em que a imagem e seu poder de ilusão voltam ao centro dos debates artísticos, seu livro se reinveste de atualidade, o que será objeto de discussão neste encontro.
Com Rodrigo Andrade.

28/06 - Aby Warburg e a história da arte atual
Aby Warburg foi um dos principais pensadores do século passado. O teórico de grande erudição traçava o caminho percorrido por fontes visuais da antiguidade pagã até a obra de artistas como Botticelli e Dürer. A palestra buscará levantar as razões para o interesse renovado em sua obra.
Com Fernanda Pitta.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

(Ilustração: Wassily Kandinsky - Public Domain)

Palestrantes

Valéria Piccoli

Valéria Piccoli

Mestre e doutora em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP. É curadora chefe da Pinacoteca do Estado de São Paulo, tendo colaborado em diversos projetos de exposições no Brasil e no exterior. (Foto: Christina Rufatto)

Rodrigo Queiroz

Rodrigo Queiroz

Arquiteto eprofessor livre-docente da FAU e MAC USP.
(Foto: Acervo pessoal)

Taisa Palhares

Taisa Palhares

Doutora em Filosofia pela USP e professora do IFCH Unicamp.
Professora de Estética no Departamento de Filosofia da Universidade Estadual de Campinas. É autora do livro "Aura: a crise da arte em Walter Benjamin" (Barracuda, 2006).
(Foto: Acervo Pessoal)

José Bento Ferreira

José Bento Ferreira

Doutorando em Estética e História da Arte pela USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Carlos Eduardo Riccioppo

Carlos Eduardo Riccioppo

Crítico de arte e professor da USP.
(Foto: Acervo Pessoal)

Thais Rivitti

Thais Rivitti

Crítica de arte, curadora e gestora cultural. Dirige o espaço de arte independente Ateliê397.
(Foto: Acervo Pessoal)

Rodrigo Andrade

Rodrigo Andrade

Artista plástico, integrou o grupo Casa 7 e participou da 29ª Bienal em 2010.
(Foto: Acervo Pessoal)

Fernanda Pitta

Fernanda Pitta

Doutora em Artes Visuais pela ECA-USP. É curadora na Pinacoteca de São Paulo e professora da Escola da Cidade.
(Foto: Christina Rufatto)

Data

10/05/2017 a 28/06/2017

Dias e Horários

Quartas, 19h às 21h

As inscrições podem ser feitas a partir de 25 de abril às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 60,00 - inteira