Atividades

Oficina integrada ao 10º Encontro Paulista de Museus I 10EPM

Contextos
Processos participativos na elaboração de Planos Museológicos

Voltar para o início Processos participativos na elaboração de Planos Museológicos

Programa

Realizado anualmente pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a partir da Coordenação do Sistema Estadual de Museus em parceria com Sesc e outras organizações que compõem  a Comissão Consultiva.

Oficina integrada ao 10º Encontro Paulista de Museus I 10EPM.

Um Plano Museológico deve conter a razão de ser do museu, traduzir suas problemáticas e anseios e apontar caminhos e estratégias para o seu funcionamento. Deve, ainda, contribuir para conectar a sociedade ao museu e vice-versa, sendo ferramenta imprescindível para a gestão e governança dos processos museais e de relacionamento com seus públicos.

Para o Palácio Campos Elíseos, partiu-se da premissa de que seu Plano não poderia ser feito de modo unilateral e unívoca. Assim, além de estudos acerca dos acervos potenciais e dos enfoques temáticos privilegiados, a leitura e interação com o contexto (histórico, simbólico, geográfico, institucional) do equipamento e a interlocução com diferentes sujeitos diretamente envolvidos e potencialmente interessados e impactados guiaram a sua elaboração.

O objetivo deste encontro é apresentar as metodologias participativas acionadas na construção do Plano Museológico do PCE, refletindo sobre potências e desafios envolvidos. Embora o referido museu não tenha sido implantado, a experiência deixa como legado caminhos, métodos, técnicas e perspectivas que podem inspirar outras iniciativas.

A elaboração do Plano foi concebida e conduzida pela Tomara! Educação e Cultura, em parceria com A Casa Museu de Artes e Artefatos Brasileiros. A Tomara! investe em soluções criativas e técnicas para iniciativas de interesse público, desenvolve pesquisas, avaliações e projetos diversos, buscando contribuir com a produção de conhecimento aplicado e a promoção de processos de transformação social que ajudem a melhorar a qualidade de vida de pessoas, grupos e organizações.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

Palestrantes

Clara Azevedo

Clara Azevedo

Cientista social e mestre em Antropologia Social pela USP. Atua, desde 2003, na concepção e coordenação de pesquisas e iniciativas relacionadas à preservação e extroversão da memória. Foi diretora do Museu do Futebol entre 2008 e 2013.
(Foto: Acervo Pessoal)

Júlia Picchioni

Júlia Picchioni

Cientista Social pela PUC-SP e pós-graduada em Curadoria e Educação em Museus de Arte pelo MAC - USP. Trabalhou por 10 anos em diversos museus de São Paulo e projetos culturais nas áreas de pesquisa, preservação e gestão de acervos, concepção, curadoria e produção de exposições.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

20/07/2018 a 20/07/2018

Dias e Horários

Sexta, 15h às 18h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 27 de junho às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores

Grátis